Assistente admite não ter checado munição de arma antes dos disparos em set de Rust

A produção de Rust segue paralisada.

Dave Halls, primeiro assistente de direção do filme Rust, confessou não ter checado todas as munições da arma disparada por Alec Baldwin que matou a cinematografista Halyna Hutchins e feriu o diretor Joel Souza. Segundo o LA Times, foi confirmado que Halls quebrou os protocolos de segurança.

Geralmente, uma arma cenográfica e seus disparos passam por várias inspeções como parte dos regulamentos de segurança no local para garantir que está carregada com munição real.

Ainda segundo as autoridades, o caso permanece sob “investigação aberta”, mas ninguém foi preso e nenhuma queixa foi registrada.

A produção de Rust segue paralisada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAna de Armas negocia para estrelar Ballerina, filme derivado de John Wick
Próximo artigoAlimentação natural é aliada na prevenção e no tratamento do câncer de mama