As tendências da Arquitetura

São conceitos e ideias que já rondam a Arquitetura há algum tempo, mas são as apostas deste ano e com certeza você já ouviu falar de algum deles, ou quem sabe até está levando algum deles para algum projeto pessoal. Sabe quais são?

Minimalismo/Tiny House
O minimalismo não é um conceito novo, e hoje agrega um simbolismo para aqueles que escolhem viver assim, é um respiro do apego ao material, diminuindo peças de roupas, utensílios e móveis domésticos e até mesmo morando em casas menores do que as comumente conhecidas. Mas as “Tiny Houses” (Casas Pequenas) não vem como resposta apenas aos anseios de quem quer viver com menos, mas também como uma solução inovadora para espaços pequenos. É uma construção inteligente e prática para quem tem menos de 40 m² disponível ou para quem quer viver uma vida com menos.

Imagens: Pinterest
Imagens: Pinterest

 

Formato Natural/Natureza
As formas da casa tendem a seguir o natural, as vezes sem cantos ou arestas – não é possível trabalhar assim em todos os ambientes, mas em fachadas, elementos externos e até mesmo com móveis da casa dá para ter esses formatos fluidos.
Elementos da Natureza sempre estão em evidência, na parte interna ou externa de um ambiente, por meio de componentes naturais como madeira, pedras, cores que lembrem natureza e até mesmo pela vegetação.

Imagens: Pinterest

Acessibilidade
A inclusão é algo que tem ganhado cada vez mais espaço em diversas esferas da vida, e na arquitetura não seria diferente. Segundo o site ArchDaily, um dos assuntos mais procurados ao longo de 2018 foi Arquitetura Inclusiva, com foco na terceira idade.

Ambientes Integrados
Principalmente se for a junção do ambiente externo com o interno.

Estruturas a vista
Com certeza você já deve ter visto alguma decoração industrial que deixa a vista tubulações, a ideia desta tendência segue justamente essa linha: vigas, tubulações, estruturas de iluminação e até mesmo tetos sem forros completamente a vista – mas não é porque estão expostos que darão ar de obra inacabada, é preciso trabalhar bem para que estes elementos harmonizem da maneira necessária.

Cidades sustentáveis
A sustentabilidade, o compartilhamento e a necessidade de pensarmos no coletivo e não apenas no “eu” ganha cada vez mais destaque em debates sobre cidades sustentáveis e a ideia é que ganhe mais espaço fora do papel.