Articulação garante envio de insumos para produção da CoronaVac em escala nacional

O ex-presidente fez parte das negociações com o país asiático, a pedido do presidente Bolsonaro

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Na tarde dessa segunda-feira (25), o ex-presidente Michel Temer (MDB-SP) contou que articulou com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, para que os insumos para a fabricação da CoronaVac no país serão enviados “em breve”.

O ex-presidente vem trabalhando como aliado do governo Bolsonaro e ajudando o governo em questões diplomáticas nos bastidores. Ainda ontem (25), o ex-presidente confirmou o sucesso nas negociações pelos insumos da vacina.

“Dou agora uma belíssima notícia. Falei com o embaixador da China no Brasil e nesta conversa eu soube que os insumos estão sendo acondicionados. Há uma questão técnica da China, mas eles virão para o Brasil”, contou Temer.

Com a chegada dos insumos, o Instituto Butantan que colaborou com o laboratório chinês Sinovac no desenvolvimento da vacina CoronaVac, consegue agora iniciar sua produção nacional do imunizante

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
Próximo artigoComprar um imóvel pronto ou construir. Qual a melhor opção?