Após sucesso de filme, Netflix alerta usuários para o perigo do “Desafio Bird Box”

Empresa agradeceu o carinho dos usuários, mas pediu que eles não se machuquem tentando fazer memes do filme

(Foto: Reprodução/O Livre)

Depois que a plataforma de streaming Netflix lançou o longa Bird Box, no dia 21 de dezembro, uma brincadeira arriscada tem sido feita por telespectadores. Trata-se do “Bird Box Challenge”, que desafia os participantes a se vendarem e executarem diversas atividades, reproduzindo as cenas na vida real. Ao tomar conhecimento, a empresa agradeceu o carinho, mas repreendeu os participantes do jogo.

No filme estrelado por Sandra Bullock, a personagem principal, Malorie, precisa guiar seus filhos para um local seguro, longe de criaturas que tornam violentos os humanos que os veem. Por isso, nem ela e nem os filhos podem retirar a venda dos olhos. O filme já é considerado recorde de visualizações na plataforma de streaming, visto por mais de 45 milhões de assinantes.

Longe da ficção, alguns jovens acharam que seria divertido criar o “Desafio Bird Box”, e, assim, se vendam e tentam fazer atividades diárias com os olhos vendados – inclusive sair pelas ruas, tentando “sobreviver”.

LEIA TAMBÉM

Netflix solta indireta para Globo durante “Sessão da Tarde” e viraliza nas redes 

Não vamos revelar os memes mais procurados no Google em 2018: “é verdade esse bilete”

No Youtube e Twitter já é possível encontrar vídeos dos participantes por meio da hashtag #BirdBoxChallenge. Com o sucesso do longa e a crescente onda de desafios lançados na internet, a Netflix se viu na obrigação de alertar os usuários quanto aos riscos da brincadeira.

O comunicado de repreensão foi feito no Twitter da rede americana, mas mantendo o jeito descontraído da empresa, que costuma brincar com os usuários.

Por lá, ela escreveu: “Não acredito que vou ter que dizer isso, mas: por favor, não se machuquem com esse desafio ‘Bird Box’. Nós não sabemos como isso começou, e nós agradecemos o carinho, mas o Garoto e a Garota só têm um desejo para 2019 e é que vocês não terminem em um hospital por causa de memes”.

Veja o comunicado abaixo:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS