Amigos e admiradores se mobilizam para ajudar artista Anna Marimon

Ela fraturou o punho direito e teve que ser submetida a uma cirurgia de urgência sob risco de perder os movimentos da mão

Anna Marimon é um dos principais nomes do movimento de vanguarda da cultura mato-grossense (foto de Maria Clara Cabral

Uma das artistas mais representativas da vanguarda cultural mato-grossense, Anna Marimon, está passando um momento difícil.

No dia 22 de julho a artista fraturou o punho direito e teve que ser submetida a uma cirurgia de urgência sob risco de perder os movimentos da mão. Com custos elevados a família não têm conseguido arcar com as despesas emergenciais e tratamento.

Amigos e admiradores se mobilizam para ajudá-la. Uma vaquinha virtual foi criada para arrecadar recursos via financiamento coletivo. No link da iniciativa é possível verificar em uma tabela, os valores das categorias de premiações: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/pro-anna-marimon.

Para levantar os recursos necessários, artistas de Cuiabá e de várias regiões do país, doaram diversas obras de arte que serão sorteadas como prêmios para as pessoas que contribuírem com a vaquinha virtual.

A vaquinha tem como objetivo arrecadar o valor de R$ 10.000, tendo em vista que a cirurgia e o acompanhamento médico durante três meses de recuperação foram orçados em R$ 12.800.

Artistas engajados pela causa

Nomes consagrados das artes mato-grossenses como Adir Sodré, Clovis Irigaray, Mario Friedlander, Adriana Milano, GORA, Sika Ishizuka, Lucas Ninno, Vera Capilé, Wuldson Marcelo, contribuíram com peças doadas para a realização da vaquinha.

São pinturas, desenhos, fotografias, livros, ensaios fotográficos, peças de vestuário, entre outras, que serão sorteadas aos participantes.

Emocionada com a movimentação dos artistas, Anna Marimon declara que “a cultura e a arte possuem esse papel fundamental de formar redes afetivas de apoio. Todos que vivem a realidade da arte no Brasil sabem como é difícil sobreviver através da cultura, sempre relegada ao segundo ou até último plano. São essas demonstrações de amor que nos fazem resistir frente a tempos incertos como vivemos atualmente”.

Leia também

Artista multifacetada, Anna Amelia é punk!

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPetrópolis doou R$ 3 milhões a Taques
Próximo artigoAdolescente morre atropelado por carreta em Feliz Natal