Alunos se revoltam com universidade que cobra mais de R$ 10 mil por aulas pela internet

Estudantes estão com as aulas práticas suspensas por causa da pandemia, mas continuam a pagar preço cheio das mensalidades há quatro meses

(Foto: Divulgação)

Alunos do Univag Centro Universitário, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), estão pagando a mensalidade cheia de seus cursos durante a pandemia, mesmo nos casos em que as aulas dependem totalmente da ida a campo para desenvolvimento de trabalho. 

A situação se arrasta desde o fim de março e a reitoria da instituição ainda não teria dado resposta, o que tem revoltado os estudantes – que reclamam ainda de estarem sendo censurados nas redes sociais da instituição. 

A reclamação tem sido feita principalmente pelos estudantes de medicina, cuja mensalidade gira em torno de R$ 10,5 mil. Thaianny Dazin, universitária do sexto semestre, disse que tem feito aulas ao estilo de cartilha nos últimos quatro meses, porque a presença em hospitais e unidades de atenção primária está vetada. 

“Entendo que a pandemia nos impede de ir para o campo. Mas a universidade deveria reduzir a minha mensalidade de R$ 10,5 mil. Ela não está tendo gasto nenhum com manutenção do curso, com energia elétrica, por exemplo, já que as aulas estão sendo todas EAD (ensino à distância)”, conta. 

Priscila Albernaz Costa Arruda, também do sexto semestre, diz que sua aprendizagem se reduziu a 30%, por causa de matérias pouco aproveitadas. Conforme as estudantes, neste nível do curso as aulas são 70% práticas e 30% teóricas. 

Num momento de normalidade, elas deveriam estar em visita a postos de saúde, para o trabalho de interação com a comunidade, e treinando habilidades cirúrgicas, por exemplo. Atividades que elas vêem como justificativa para o preço das mensalidades. 

“Minha aprendizagem está péssima, caiu a 30%. Já tivemos várias provas, mas eu diria que consegui absorver pouca coisa. A universidade diz que o diferencial do curso é ter contato com a prática desde o início, mas isso não está ocorrendo e estamos pagando R$ 10,5 mil por mês”, disse Priscila. 

Sem opções 

Álvaro Ramalho, que está no quinto ano, diz que os alunos estão enfrentando dificuldades com a administração da faculdade de medicina da Univag desde o início da pandemia. 

A instituição não liberou que os alunos com 75% do curso concluído antecipassem a colação de grau, em abril, para que estivessem disponíveis para trabalhar no front da pandemia. 

Turmas que estavam nessas condições precisaram ir à Justiça para ter o benefício concedido, conforme orientação do Ministério da Saúde, durante a gestão do ex-ministro Nelson Mandetta. 

“E agora ficamos dois meses parados desde o fim de março, por causa do risco de contágio para os estudantes de internato. Voltamos em junho, mas novamente as atividades foram suspensas por causa da taxa de ocupação dos leitos”, afirmou Álvaro. 

Ele disse que a maior preocupação, neste momento, é com a reposição das horas-aulas que estão passando por causa da pandemia. A grade de aulas daqui para a frente deverá ser completa, sem espaço para inserção de horas extras. 

Mesmo choque poderá ocorrer com os universitários nas fases iniciais do curso. 

“Censura” 

Uma abaixo-assinado online de alunos da Univag já tinha quase mil assinaturas até o fim da manhã dessa segunda-feira (6). O documento virtual tem a finalidade de sensibilizar a reitoria para reduzir os custos da mensalidade. 

A estudante Jéssica Rodrigues de Oliveira, presidente do Centro Acadêmico de Medicina da Univag (Cadam), diz que a maioria dos estudantes está enfrentando dificuldades com as aulas online, seja por falta de adaptação, seja por falta de infraestrutura para acesso às atividades virtuais. 

“Os estudantes de medicina estão reclamando mais por causa do custo da mensalidade, mas não é somente eles que estão com dificuldades. Tem aluno que não tem condições de acessar a rede e isso está atrapalhando o acompanhamento”, comentou. 

Os pedidos para redução da mensalidade levaram à criação de um perfil no Instagram para cobrar a universidade. A quantidade elevada de reclamações acabou chamando a atenção por causa das frequentes marcações nos posts do perfil da Univag. 

“A resposta dela para isso foi bloquear os comentários em seu perfil e pagar todas as reclamações, sem mostrar qualquer simpatia pela situação dos estudantes”, disse Thaianny Dazin. 

A censura levou à criação de um perfil exclusivo com posts que o perfil moderado pela instituiu apagou. Até a amanhã de hoje haviam 17 mensagem postadas. 

O que diz a Univag

Em resposta ao LIVRE, a administração da Univag informou que está adotando medidas para manter as atividades das grades de aulas por meio da educação domiciliar emergencial. 

Esse modelo seria diferente da EAD e dispenderia gastos para a oferta das atividades. Ele justificaria a manutenção normal das mensalidades, visto que não tem o custo mais baixo da educação à distância. 

“No modelo do UNIVAG, as aulas acontecem todos os dias da semana, como no presencial (exceção apenas para as aulas práticas que serão repostas tão logo as autoridades presenciais permitam). No EAD, os encontros são esporádicos – apenas uma vez por semana ou mês (considerando todas as disciplinas). O EAD considerado mais barato, tem uma frequência de aulas bem menor do que a oferecida pela educação domiciliar emergencial do UNIVAG. Sendo assim, os custos foram mantidos”, informa trecho da nota. 

Conforme a instituição, o modelo domiciliar emergencial está sendo aplicado com a participação ao vivo dos professores por aplicativos do Google e por instrumento próprio da universidade. 

O material que está sendo aplicado seria o mesmo que o dado em sala de aula. 

A nota não explica em relação à aula de campo dos estudantes de medicina.

Mas, diz que a instituição tem aplicado a lei estadual desconto entre 10% e 30% na mensalidade a estudantes que comprovarem perda de renda durante a pandemia.

Quanto às reclamações de censura, o Univag afirmou que apagou posts com cunho ofensivo ou com uso de palavras de baixo calão. 

“Quando há reclamação em algum comentário o Univag orienta o aluno a ir diretamente na Ouvidoria da Instituição, onde ele terá 100% da resposta questionada”, disse. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

64 COMENTÁRIOS

  1. Primeiro vamos desmentir a informaçao mais vergonhosa que é a referente a Ouvidoria, é uma piada falar que tenhamos as duvidas sanadas, porque afinal se tivessemos não estariamos revoltados.
    Mudar o nome de EAD para educação domiciliar emergencial e falar que isso justifica a mensalidade é ultrajante, o UNIVAG teve sim seus custos reduzidos e isso é indiscutivel, sou aluno dessa instituiçao e posso dizer que não houve investimento nenhum nesse ensino a distancia, pois só o que ocorre são os professores tendo que ralar para se reinventar em frente a uma camera sem apoio da univag, alunos sendo expostos a avaliaçoes ineficientes e a instituição criando uma imagem falsa para quem está de fora

  2. Postura vergonhosa da Univag . Considerava uma instituição modelo, nas está decepcionando pela sua falta de sensibilidade, etixa e compromisso com o que prega.

  3. O que a matéria não informa é que a instituição oferece repactuar a mensalidade de 10 a 30% para quem teve perda com a pandemia. Mas tem gente que não teve perda salarial alguma e quer desconto por oportunismo. E o salário dos funcionários quem paga? Eu repactuei as mensalidades de meu filho….e estou satisfeito

    • Mas o que você Fábio não explica que os 10 a 30 % é em cima da mensalidade inteira. No meu caso 30 % em cima da minha mensalidade não muda porra nenhuma. Pq eu já tenho 30 % que é pago pelo Governo pela Bolsa Brasil.
      Se fosse 31% já era maior. Mas é a mesma merda que já tem.

      • João, acho melhor você procurar o Univag e esclarecer melhor seu caso. A repactuação não é o desconto. O desconto você já tem 30%, e o meu filho tem 5%. Além disso, demonstrei que tive perda de renda e consegui repactuar e jogar parte da mensalidade efetivamente devida para pagamento parcelado para depois da pandemia. Cá entre nós, tem gente que não teve perda alguma de renda (que não é nosso caso) e quer o desconto por oportunidade.

    • Oportunismo eu vejo em uma faculdade que mantém o valor NADA barato, numa realidade em que os pais tem que ralar pra pagar, se submeter à condições caóticas e perigosas de pandemia (muitos deles grupo de risco) pra conseguir garantir o mínimo de qualidade (pelo preço de 10mil) e formação dos seus filhos, sendo que a qualidade das aulas está SIM diminuída!! Além disso, que garantia temos da reposição das práticas? A univag vai tirar de onde os honorários de professores que darão a prática?? A faculdade se demonstrou zero empática com seus alunos, em responder duvidas quanto a mensalidade e até com a saúde mental de muitos!!
      E outra coisa, não estamos questionando que os salários dos funcionários devem deixar de ser pagos, a conta que não bate é dos gastos que anteriormente a pandemia estavam inseridos na nossa mensalidade: acesso à biblioteca, acesso aos computadores, toda energia daquele TAMANHO de faculdade…e MUITAS outras coisas

  4. Se as aulas teóricas estão sendo ministradas e a parte prática será reposta, o UNIVAG já se posicionou sobre isso, por que tem que ter desconto? Os custos acontecerão, agora ou na reposição. Se não cobrar agora pode cobrar dobrado depois??? E os que tiveram perda financeira basta buscar a repactuação….Agora há sim muito oportunismo. Filho de funcionário público, de juiz, de vereador querendo desconto sem ter tido perda financeira. Sou professor da instituição e não aconteceu demissão alguma! Os custos estão mantidos.
    De uma vez por todas, a educação domiciliar não é EAD!!! EAD tem 1 aula só por semana ou mês. O UNIVAG está cumprindo o calendário com a mesma frequência de aulas do presencial.
    Você aluna que disse que em algumas disciplinas só está tendo 30% do conteúdo, faltando 70% da prática…avisa que a prática será reposta….

  5. Isso não está sendo somente nessa universidade. Estou pagando o mesmo valor desde quando começou essa pandemia, o valor gira em torno de quase R$ 770,00 até o dia 10, passou do dia dia 10 vai pra quase R$ 1.000,00 reais. Detalhe, ele tem 6 anos de idade. Um absurdo isso!!!

    • No UNIVAG, o desconto é mantido……..Não dá para colocar todo mundo no mesmo saco….Olha a qualidade do UNIVAG! Atravessa a ponte e veja as outras. Tem faculdade aumentando preço agora. Não se cogitou em aumento no UNIVAG. Atravessa a ponte e analisa o que o grande grupo K está entregando. Veja quantos eles já demitiram no Grupo massificado. O UNIVAG não demitiu ninguém!!
      Tá com dificuldade? Vai lá e repactua….Fico P… da vida é com este oportunismo. Faz o seguinte, pega estes alunos que aparecem na matéria e averiguem a renda dos pais. Não pesquisei ainda, mas sou capaz de apostar que tem um monte de funcionário público e médico…..Ai é difícil né…..

      • Boa tarde, caro professor sei o quanto deve defender a instituição pois o seu salário vem de lá. Quanto a procurar a instituição já fizemos isso é não obtivemos retorno, detalhe tenho isso documentado. O senhor como professor deveria se informar melhor a respeito de aulas EAD, ninguém está gostando, sou aluna e sei muito bem o que estou falando. Quando o Sr. Fala da UFMT nem aula tem, não está bom, mas lá ninguém paga ( Dez mil) por mim por mês de mensalidade. Falo com conhecimento de causa pois tenho filhos na univag, estudo na unic e tenho filha na ufmt. Quando o Sr. Fala da instituição K. Está fazendo o que não deveria pois como um bom professor não deveria ficar dando tiros para todos os lados, sem saber a particularidade de cada instituição. Outra coisa quando ao curso, nao sei qual curso o Sr. É professor, mas cada curso tem sua particularidade. Cada um no seu quadrado e mesmo médicos, engenheiros ou qualquer outro tipo de profissional teve perda, com a pandemia.
        Para defender o nosso pão, não precisamos ficar dando tiros para todos os lados.

  6. Sugiro aos pais e alunos que verifiquem a qualidade do ensino domiciliar em outras instituições, verifiquem tb quais as medidas já foram tomadas por estas instituições para a segurança de alunos e professores quando for permitido o retorno presencial e por último verifiquem tb a qualidade do ambiente virtual de aprendizagem e das aulas ministradas e somente depois com conhecimento de causa emitam suas opiniões

  7. Oque vcs queriam que o univag ficasse de braços cruzados….???
    Como aluno de TI da instituição sei que os custos com toda estrutura tecnológica para manter as aulas para educação domiciliar não são baixos…Alem que minhas aulas continuam com os mesmos professores que eram sempre nos momentos presenciais (bem diferente que EAD) fazendo de tudo para levar aos alunos aulas de qualidade.
    Como aluno quero parabenizar o univag pelo excelente trabalho.

    • É muito fácil defender a instituição quando nem 70% de suas atividades envolve prática, contato com paciente, ver as peças da anatomia e/ouvir ver o dia a dia dentro de um hospital ou USF. Os alunos estão cobrando aquilo que é de direito, pois a UNIVAG está prestando serviço e como clientes temos sim o direito de reclamar.
      Ah, a matéria focou nos alunos da medicina, porque eles foram atrás da imprensa, mas os outros cursos também estão indignados com a palhaçada que a universidade está fazendo, há em redes sociais perfis criados pelos alunos para expressar sua indignação.

  8. As aulas da educação domicilar do Univag são excelentes muito diferente do EAD até porque já é minha segunda graduação e a primeira foi em EAD sei bem oque é isso, sei que quando voltarmos no próximo semestre as práticas serão repostas.
    Não vejo porque abaixar os valores das mensalidades para alunos que não perderam renda.
    Parabéns Univag nota 10

    • Fale por você! Como sabe que nao perderam renda? Como sabe que a qualidade ta boa para todos os cursos e etapas? Busque informação! Se estão movimentando tudo isso, não é atoa!

  9. Está com dificuldade, procura o UNIVAG e repactua as mensalidades. Mas não! o cara quer é mais desconto! Não importa que os professores do presencial foram mantidos. Que o UNIVAG não demitiu ninguém! Que enquanto um monte de instituição está demitindo e até aumentando a mensalidade, e no UNIVAG não se cogitou aumento algum neste momento. Veja o que o UNIVAG entrega e o que outras universidades estão entregando. A nossa federal nem aula tem!!
    Mas o que se quer é desconto!! Independente de eu já ter algum tipo de desconto que é o que me viabiliza estudar. Fico P da vida com este certo oportunismo!! Faz o seguinte: já que estamos em época de “pesquisar o currículo” dos outros pela internet, peguem este alunos ai que aparecem na matéria e verifiquem o que os pais fazem. Sou capaz de apostar que tem funcionário público, médico, e que não tiveram redução alguma de renda…….Vou pesquisar!!!

    • A questão da revisão de valores não gira só em torno dos alunos que aparecem na matéria, tem muito aluno que fez financiamento, aluno que vendeu algum bem para investir nesse estudo, aluno cujo vários membros da família (pais, avós, padrinho, tios) se juntam ou se revesam para poder pagar a mensalidade, creio que bom senso de todas as partes seria o ideal, mas, isso não não esta acontecendo neste caso. A instituição deve ter tido sim uma redução de gastos (como energia elétrica, água, produtos de limpeza) eu por exemplo gostaria de ter acesso a uma conta de energia de tempos normais com as aulas acontecendo no campos e uma de agora durante as aulas em atendimento domiciliar só pra comparação. São vários os lados da moeda, cada um tem sua realidade, mas enfim, temos que nos submeter ao politicamente correto que é pagar o valor que esta sendo cobrado e ficarmos quietos ?

    • Pagamos pelo serviço prestado, que por sinal está muito ruim! Quando pesquisar lembre que nem todos os alunos tem as mesmas condições, vejo muitos em que os pais batalham pra pagar a mensalidade, sou uma dessas! Não generalize tudo, nem todos temos as mesmas oportunidades. O que queremos não é por oportunismo, mas por um serviço que não condiz com o preço que pagamos.

    • Primeiro que nem todo mundo é filho de funcionário público ou de médico. Segundo que mesmo que sejam, é motivo pra jogar dinheiro fora? Tem que ser um professor horrível pra estar falando isso, se tá achando pouco paga pra mim a mensalidade.

    • Professor Injuriado, senta aqui que vamos bater um papo agora.
      Você assina um contrato com uma instituição que inclui aulas presenciais, tecnologia fornecida pela instituição, profissionais de ponta e praticas que ocorrem logo após a teoria para o melhor aprendizado do aluno, incluindo também uma infraestrutura boa e tudo mais que possa fazer com que o aluno tenha seu maximo de aprendizado.
      Mas chega a pandemia e você para de usar essa infraestrutura, você não tem mais praticas junto com a teoria, muito menos um planejamento da universidade para a reposição dessas praticas, os professores que são de ponta agora se encontram com dificuldades de conexão e dificuldades de mexer na propria plataforma mal feita que a instituição oferece, demonstrando clara negligencia da faculdade em treinar e orientar seus profissionais e como se não fosse o suficiente você tem que ver todo dia seu pai ou responsavel por pagar o seu estudo se expondo ao risco do Covid, mesmo que ele seja grupo de risco.
      Você realmente acha que a luta dos estudantes tem o intuito de prejudicar ou se aproveitar da faculdade? Pense bem meu caro professor injuriado, apartir da hora que você assina um contrato e o que estava sendo contido nele não é ofertado aos alunos, acredito que o valor cobrado também não pode ser o mesmo e não me venha com esse papo de repactuação, porque nem a instituiçao tem planos definidos para a reposição dessas praticas, confesso que fiquei injuriado com sua falta de sensibilidade

  10. Como aluna do Univag, não tenho nada a reclamar da instituição. Acho justo que só se diminua a mensalidade de quem realmente precisa. Meu salário foi reduzido, pensei até em desistir, mas o coordenador do meu curso me orientou a procurar o financeiro e explicar minha situação. Comprovei a redução do meu salário e consegui desconto e parcelamento da minha dívida.

  11. Alguns pontos são questionáveis:
    Primeiro é que tenho filho estudando o ensino fundamental em escola particular e até o momento, nenhuma instituição está oferecendo descontos durante a pandemia, porque isso certamente impactaria na redução salarial dos seus funcionários. Até o momento, desconheço uma instituição que tenha agido tão rapidamente quanto o Univag. (nem um dia sequer os alunos ficaram sem aula – já perguntou para alunos de outras instituições?). Estruturar meios digitais custa caro! Certamente deve ter havido um grande investimento para garantir a continuidade das aulas.
    Segundo ponto é que um aluno que paga R$ 10.000,00 dizendo que “Tem aluno que não tem condições de acessar a rede e isso está atrapalhando o acompanhamento” tá meio esquisito.
    Terceiro ponto é que respeito muito a opinião das pessoas, mas, tenho um pouco de receio em acreditar que um aluno queira se formar mais rápido para ir atender no front da pandemia.
    Não ganho nada defendendo a faculdade, porém creio que devemos observar com atenção as solicitações dos alunos para que não tenhamos em breve uma noticia informando que a instituição demitiu em massa ou fechará suas portas por não conseguir honrar seus compromissos financeiros. Tenhamos um pouco de paciência!

  12. Sou aluno e sugiro que reflitam pois Todas as aulas práticas serão realizadas no próximo semestre…
    Além disso as aulas estão acontecendo no regime domiciliar de maneira excelente
    Já tenho o desconto do nossa bolsa Brasil
    Adorei a iniciativa criativa do UNIVAG para esse momento da pandemia.

    • Não sei se você reparou, mas a matéria se refere ao curso de medicina. Que por sinal, não desfruta desse tal Bolsa Brasil. Aqui não é uma briga entre cursos, é uma briga por sensibilidade ao momento que estamos vivendo, por pais ou responsáveis se desdobrarem para conseguir proporcionar isso aos filhos. No seu curso não sei, mas se tratando de medicina, é impossível aprender determinadas coisas à distância e, muito menos, tem tempo disponível entre um semestre para repor as aulas. São realidades diferentes. Reflita você!

  13. pagar 10 mil reais por mês pra ter aula 2 vezes na semana é uma piada kkk sem contar a falta de apoio da coordenação, que se vc questionar recebe uma resposta curta e grossa ou não recebe resposta nenhuma! E outra, quero ver como q vao colocar 1 ano de prática nos próximos semestres (sim, 1 ano pois esse ead não vai acabar esse ano)

  14. Me incomoda ler comentários alegando que os custos permanecem os mesmos. Vocês gostariam de serem atendidos por médicos de forma virtual e pagar o mesmo preço de uma consulta presencial? Agora quanto a prática ser reposta, vocês realmente acham que teremos tempo para repor todas as aulas? Vocês têm noção da carga horária de um curso da saúde? O ensino no UNIVAG era inquestionável, agora, tenho minhas dúvidas quanto a minha formação.

    • Também ainda não vi médicos dando descontos em tempos de pandemia, né? Unimed tem atendimento virtual, vc já ganhou desconto por isso? Estamos todos aflitos tentando lidar com a crise.

  15. Com a ausência de alunos tendo aula presencial e usando as estruturas da faculdade óbvio que o custo total de manutenção da faculdade reduz. Um absurdo a faculdade manter o preço tal alto da mensalidade. Várias faculdades de medicina reduziram a mensalidade se sensibilizando com a situação dos alunos. Mtas famílias estão com sua renda mensal mto menor do q o normal. Os alunos tinham acesso à laboratório das 7 as 22 Com ar condicionado, computadores, luz e funcionários de trabalhos essenciais. Vcs acham mesmo q o gasto continua sendo o memso de quando tinha aula presencial???
    A faculdade teve zero preparo com o EaD, os professores tiveram q paga aplicativos melhores como zoom pra ministrar as aulas. A faculdade teve tempo pra investir no Ava para disponibilizar uma melhor experiência das aulas e isso não foi feito. O dinheiro das mensalidades não estão sendo investidos na melhora do ensino a distância.

  16. Primeiro de tudo não venha ser univag, em seguida quero relatar que sou aluno e essa instituição esta pouco ligando para opnião dos seus clientes, nao estão ligando para saude mental do aluno, muito menos para qualidade do ensino. Todas as salas ja apresentaram reclamações que sobre esse sistema dito emergencial e eles pouco importam, porem a mensalidade sempre é cobrada, alem de que o próximo semestre ja esta sendo aberto para pagamento, uma vergonha em um momento tao delicado essa instituição não prestar sequer um esclarecimento sobre mensalidade, foi preciso os alunos organizarem uma matéria no jornal para expor isso para sociedade. Faculdade mais desumana ensinando os futuros medicos a serem tbm desumanos. VERGONHA E NAO VENHA SER UNIVAG!.

  17. Aulas diminuíram muito a qualidade, não temos retorno sobre mensalidade e ainda afirmam que continuam igual. Só queria saber com o que gastam o preço total da mensalidade, sendo que estamos apenas com aula on-line, professores e alunos usando os próprios recursos. Quem for fazer a matrícula por agora recomendo ir para outra instituição, onde pelo menos você tem um retorno e as aulas são melhores, se é que dá pra ser melhor via ead.

  18. Queridos vestibulandos: FUJAM ENQUANTO HÁ TEMPO!!! Faculdade nada empática, eles não estão utilizando ENERGIA, ÁGUA, MANUTENÇÕES NO GERAL da mesma forma que antes e além disso muitas pessoas perderam seus empregos. NEM TODOS OS ALUNOS DE MEDICINA E DOS DEMAIS CURSOS QUE TAMBÉM ESTÃO SOFRENDO PELA MESMA SITUAÇÃO SÃO FILHOS DE MLIONÁRIOS OPORTUNISTAS COMO OS SENHORES PENSAM! Trata-se de uma situação atípica que o desconto pontualidade (5%) não chega perto do suficiente, o bolsa Brasil NÃO ENGLOBA OS ALUNOS DE MEDICINA, TAMPOUCO CONVÊNIO EMPRESA. A forma de parcelamento só empurra uma nova dívida para o futuro. Vcs dizem que as aulas serão repostas, mas serão repostas que horas sendo que medicina é um curso de período integral? da meia-noite às 6 da manhã??? Mais do que nunca tenho certeza que a UNIVAG é uma instituição que visa LUCRAR EM CIMA DE UMA CRISE, É DESONESTA, ANTIPÁTICA E AGE DE MÁ FÉ COM SEUS CLIENTES. QUEREMOS A PLANILHA DE GASTOS DE ANTES E DEPOIS DA PANDEMIA SENHORA UNIVAG!!!

  19. Univag em completo descaso com seus alunos. Mente descaradamente sobre reajustes dos valores, não houve negociação, não nos dão voz, não querem saber se estamos aprendendo. 10MIL reais pra uma coordenação horrível, sempre falam de planos futuros mas não apresentam as propostas. ACEITEM o momento que estamos, não nos tirem as horas-aulas práticas, precisamos dela para sermos bons profissionais!!!

  20. Estou muito contente com o meu coordenador, com os meus professores e com o UNIVAG, UNIVAG NOTA 1000
    Tenho amigos em outras universidades que não estão tendo nada, TUDO PARADO.
    Recomendaria o UNIVAG sempre.
    Aqui não vamos perder o semestre como nas outras.

    • P***o, é você??
      Seja quem for, tenho certeza que você não faz medicina atualmente muito menos na UNIVAG. Pare de passar pano e falar do que não sabe, sem embasamento, sem sentir o que é ser sobrecarregado de verdade e ter que praticamente rasgar 10.000 todo mês. De que adianta “vencer” um semestre totalmente mal feito, sem que os alunos aprendam, sem investimento e nem suporte?! A cada dia ou é dificuldade, ou é estresse ou é sem aula. O portal online é uma bagunça, a internet dos professores mais cai do que eles falam e a coordenação mais ignora, nos deixa sozinhos e é ríspida do que faz alguma coisa. Nota 0!

  21. Vergonhoso ver pessoas compactuando e defendendo a instituição… A instituição não está tendo os gastos que teriam no presencial, as aulas dificilmente serão repostas da mesma forma e ponto final o ensino está TOTALMENTE prejudicado. O conteúdo desse semestre e possivelmente do próximo não vão voltar, e consequentemente os alunos permaneceram lesados.
    A UNIVAG criou esse argumento SUJO dizendo que seu ensino não é EAD, e sim “ensino emergencial a distância” com uma tecnologia e aulas de alta qualidade, é SACANAGEM um aluno ter que ler essa MENTIRA criada.
    Além disso criaram essa mentira de repactuação, no qual nem foi implantado e segundo o pq o aluno vai pagar 10.500 sendo que o produto final não tem a mesma qualidade e não se justifica tal preço.
    E aos que estão criando esses perfis se dizendo “alunos e pais satisfeitos” coloquem a mão na consciência e criem vergonha na cara.

  22. Como a UNIVAG manteve os mesmos custos com o “ensino emergencial” sendo que o(a) próprio (a) professor(a) disse que ELE (A) teve que aumentar o pacote de internet dele (a) para que conseguisse dar as aulas ao vivo (sem ajuda alguma da instituição) ELE (A) teve que comprar um notebook melhor, com uma câmera melhor para que transmitisse as aulas também, ELE (A) ainda está gastando sua própria energia elétrica pra isso. Como os gastos continuam os mesmos univag?
    Assim como nós alunos temos que gastar nossa energia, nossa internet, nossos computadores! Enquanto que antes poderíamos ficar o dia inteiro na instituição gastando os recursos que eram oferecidos por esta. Os mesmos custos UNIVAG??? Acho que não…

  23. Para quem está defendendo a UNIVAG, liguem lá na instituição e vejam se estão oferecendo mesmo esses benefícios. Tudo “está sendo avaliado”, mas nada executado! Quem é aluno sabe o que estamos passando!

    Além do mais, a coordenação não favorece o aluno em praticamente nada! Não somos ouvidos! Nossa opinião não é levada em consideração! VERGONHA DE SER UNIVAG

  24. Quanta coisa sem reflexão
    Pessoal sou formado em medicina no UNIVAG sempre todos os profissionais que lá atuam fizeram tudo para que tivesse uma ÓTIMA FORMAÇÃO
    Recomendo a UNIVAG

  25. Como acadêmico entendo que a Educação Remota emergencial (ERE) ofertada pelo UNIVAG não é sinônimo de Educação à distância (EAD), pois a modalidade ERE foi adotada devido a pandemia e sem um planejamento prévio. Porém, não podemos fechar nossos olhos para algumas situações que apenas os acadêmicos do curso entendem, exemplos:
    1) A carga horária prática é longa e a sua reposição completa é improvável, já que serão 6 meses/ 1 ano de prática a ser reposta, temos também que levar em consideração os acadêmicos que estão prestes a entrar no internato ou na eminência da formatura. Vejamos, nesses 02 casos citados, os estudantes poderão repor as práticas em qual horário, já que em períodos normais as aulas são das 07/08h às 18/19h ? Das 19h às 07h da manhã? Aos sábados? Aos domingos? Ou não terá mesmo reposição? Ou teremos nossa formação atrasada?
    2) A universidade alega que estamos utilizando todas os recursos no ERE oferecidos pela instituição, mas atualmente aluno nenhum tem acesso a biblioteca, aos laboratórios de morfofuncional, ao serviço de internet etc.
    3) Alegam ainda que algumas matérias tem tido todas as aulas ou aulas diariamente e que a qualidade do ensino não caiu, mas eu não tive todas as aulas do meu calendário cumpridas (ex: realizamos prova hoje e 1 dos conteúdos programador não caiu, pois o professor não deu a aula), ademais, aulas que normalmente durariam horas, hoje duram minutos (chegamos a ter aulas de 12/13 minutos).
    4) Erra quem afirma que temos agido com oportunismo, como alunos nos comprometemos com nosso ensino tanto quanto vocês e queremos aprender com qualidade e de forma justa, porque realmente agora a situação financeira de muitos pais é crítica!
    5) Apesar de tudo que tem acontecido, temos muito respeito com nossos professores, pois muitos deles tem comprado (do próprio bolso) assinaturas nas plataformas onlines para termos discussões mais decentes!!

    UNIVAG, queremos o seu respeito e um diálogo de igual para igual!

  26. NÃO HÁ POSSIBILIDADE DE REPOR AS PRÁTICAS (onde mais aprendemos) EM TEMPO HÁBIL SEM QUE ATRASE O SEMESTRE !!!!!!

    A UNIVAG tem que parar de dar estas justificativas pífias, uma vez que NUNCA se pronunciaram e mostraram algum cronograma para a gente onde realmente isto fosse viável.

    ATÉ O MOMENTO O FINANCEIRO NÃO SE PRONUNCIOU QUANTO AOS REAIS CUSTOS E DESPESAS DESSE EAD QUE JUSTIFIQUE A MENSALIDADE INTEGRAL PORQUE ELE NÃO EXISTE !!!!

    EAD é Sim mais Barato e NÃO HÁ A POSSIBILIDADE DE REPORMOS AS PRÁTICAS SEM QUE ATRASE O SEMESTRE !

    Existe uma carga horária semanal/mensal exigida pelo MEC, que teoricamente a faculdade sempre excedeu, então usam isso como justificativa que não haveria atraso – mas estamos indo para o 4• mês de paralisação- NÃO TEM MAIS COMO NÃO ATRASAR!!!!

  27. A questão aqui é o que foi contratado não esta sendo entregue. Mas muitos podem dizer, estamos no meio de uma pandemia, SIM ESTAMOS, e quem contratou aula presencial precisa aceitar aula por EAD, mas a instituição não pode rever o valor???? Tem aulas que não estão sendo dadas, e como fica! Não importa se os pais tiveram perdas ou não com a pandemia, o fato que o que foi contratado não esta sendo entregue. É uma vergonha para a instituição, então para as aulas, para tudo, não vai ter ganhos nem gastos. E quando a pandemia acabar volta com as aulas a que se propôs ministrar.

  28. INVEZ DE FICARMOS DE BLA BLA BLA ..VAMOS FAZER UM GRUPO DE WHATSAP E MARCAR UMA MANIFESTAÇÃO E ENVOLVER TODAS AS FACULDADE..PQ A FAUSB NO CURSO D #DIREITO ESTÁ FAZENDO O MESMO..VENDER UM CURSO PRESENCIAL E ENTREGAR ONLINE SEM DESCONTOS…

  29. sinceramente vejo alguns defensores que não merecem crédito nenhum, pois nem coragem de colocar seus nomes tem, se escondendo atras de codinomes, que sem fundamentação, e com agressões baratas, levam a entender que devem ser pessoas que estão se beneficiando da situação de pandemia ( no comodismo ganhando sem prestar o que lhes foi proposto). Sugiro a eles se colocarem do outro lado, onde pais ralam e muito para realizar o sonho dos seus filhos, mas que infelizmente não estão recebendo o que estão pagando. ( exemplo tosco : pagam uma ferrari e recebem um fusquinha) e vcs sugerem que fiquem quietos aceitando tudo isso ? Sei que a culpa da pandemia não é da Univag, mas tenho certeza absoluta que os seus custos baixaram e muito com essa situação, e infelizmente não estão oferecendo o que lhes foi contratado. Se estou pagando para ter aula integral (e pagando caro), e vejo minha filha em casa, ralando para tentar a distancia aprender, sem as devidas condições, não recebendo o serviço que contratamos, acho no mínimo ético por parte da Univag rever os valores cobrados.
    Se ela não pode oferecer o que foi proposto, que cobre o que ela está podendo oferecer, e infelizmente está bem aquém dos valores cobrados.
    E novamente aos que não tem coragem de colocar seu nome, o meu está bem visível, e se quiserem vir me visitar e acompanhar minha rotina para ver o que eu ralo para pagar a mensalidade da minha filha, estou de portas abertas, só que se prepare porque minha rotina começa as 5 hs da manha e não tem hora para terminar, e não sei se vc está acostumado a esse ritmo. Dai se achar que estou sendo oportunista nós conversamos, mas por favor, ao menos tenha ombridade suficiente para assumir o que vc publica e não se esconda atrás de codinomes.

  30. Se não querem diminuir a mensalidade, ok, então é só providenciar um espaço para os professores darem suas aulas (tanto gravadas quanto online, porque inúmeras vezes há interrupções ou barulhos que atrapalham a concentração até mesmo do professor), e uma internet de qualidade; porque o que mais tem acontecido são problemas relativos à infraestrutura (não) disponibilizada e à falta de suporte tanto dos professores quanto dos alunos, ou seja, todo o aparato relativo à postagem das aulas vem dos próprios professores (sua própria internet, sua residência/clínica, seu computador). Ninguém é obrigado a ter uma boa internet, da mesma forma que é exaustivo o professor ficar repetindo conteúdo por falhas na conexão. Essa é uma das inúmeras pautas que já foram faladas com os responsáveis, já sugerimos opções, mas continuam da mesma forma, quer dê certo ou não. Queremos uma qualidade de ensino que faça jus ao que é cobrado. A situação é totalmente atípica, então por que continuar seguindo como se estivesse tudo bem, tudo normal?
    * Destacando aqui que o problema não são os professores e suas aulas, mas sim a forma como são disponibilizadas.

  31. A dona UNIVAG continua bloqueando os comentários impedindo que os alunos se manifestem, mesmo que tenha dito (mentido) que foram usadas palavras de baixo calão que apagassem apenas esses, não todos.
    Até pq quando tinham reuniões e eram abordados assuntos sobre o ensino e sobre os valores, as respostas eram sempre em tom grosseiro e sínico.
    A nossa voz nunca é ouvida, nem em assuntos relacionados aos métodos de aprendizagem e avaliação. Eles afirmam que está ótimo maravilhoso e quando é feita alguma crítica é logo rebatida de forma curta e grossa, sem ouvir realmente a queixa.

  32. Que VERGONHOSA a posição da Univag quanto a matéria. Mentiras e mais mentiras.
    1. O único financiamento que o curso de medicina tem é o FIES, o que não contempla todos os alunos;
    2. Muito sábio por parte da faculdade parcelar a mensalidade ao invés de dar os 30% a TODOS os alunos, como foi designado por parte da lei
    3. A ouvidoria ignora os alunos ou quando responde é com tom de desprezo
    4. Que gasto a mais a faculdade está tendo, quando não está sendo utilizado as salas de aulas, luzes, água e etc
    5. Cadê a planilha de gastos dos cursos, hein Univag? Como prestadora de serviço a senhora deveria disponibilizar, o que não é feito por parte da instituição

  33. Ao prezado Dr João Carlos, mas a univag formou apenas 3 salas e por incrível e contradizendo o que você disse não há nenhum João Carlos entre os formados. E se você era da última turma está formado responda a pergunta da nossa colega!

  34. Boa noite! Me desculpem Univag, mas vcs falarem que apagaram postagem de cunho de baixo calão, é mentira, acho que vcs teriam que ter um mínimo de hombridade e consideração com seu alunos, pq não marcam reunião com os mesmos, e seus respectivos pais para assim, as devidas partes poderem serem ouvidas, isto é…caso optem pela resolução dos problemas financeiros de seus caros alunos. Obrigada

  35. Estranho, pois a faculdade têm analisado caso por caso, dos alunos que estão com dificuldades de manter o pagamento em dia e as aulas online, são bem diferentes do EAD que a gente vê por aí, tenho aula com os mesmos professores que estava tendo presencial e aula ao vivo, discutimos e debatemos com o professor no momento que ele está dando a teoria e quanto as aulas práticas, já foi falado pelos professores e pelo coordenador que logo que seja liberado pelas autoridades elas serão dadas/respostas e dá tempo sim, as UNIVERSIDADES FEDERAIS e ESTADUAIS, ficam meses e meses de greve e não repõe as aulas? por que agora não dá tempo pra repor…

  36. O UNIVAG não está ofertando EAD como as demais instituições, ha aulas online e estas estão acontecendo nos mesmos horários que tinha as aulas presenciais com os professores dando aula AO VIVO, muito diferente de EAD onde apenas postam aulas gravadas para até milhares de alunos, tendo um.único custo e sem interação aluno professor no momento da explicação!Tenho certeza que faculdade também têm estudado caso a caso, dos alunos que estão enfrentando dificuldades financeiras a fim de dar.possibilidades de continuação do curso e que não desistam do grande sonho de se formar,

  37. A vantagem de ser aluno de exatas é saber fazer contas e ter noção do mercado, por não ser rico não tenho oportunidade de ficar pagando de filho mimado. Pensam que conta de energia de empresa grande é a mesma coisa que residência. Nem o jeito de comprar é o mesmo. Óbvio que o custo em tecnologia supera o que economizou de energia, todos colegios particulares e faculdades já explicaram isso, mas a pessoa que não sabe nem usar um Excel não aceita porque mesmo assim ele acha que sabe mais sobre custos. Quem já fez curso EaD, como é meu caso, sabe que o modelo que o Univag adotou não é EaD, é presencial mesmo, so que usando tecnologia, quem for esperto aproveita pra aprender e experimentar como vai ser o futuro. Quando o pessoal diz que o Univag não responde os questionamentos, na realidade quer dizer que não responde o que ele queria que respondesse, meu pai teve toda atenção e respostas, só que ele perguntou com educação, sem ironias, fez a pergunta e esperou a resposta. Tô satisfeito, não foi o Univag que espalhou o vírus e causou essas dificuldades, e não serão pra sempre, povo precisa deixar de ser mole e reclamão e se concentrar em estudar (pra quem quer moleza nos estudos tanto faz estar com pandemia ou não, vai reclamar de qualquer jeito, é da natureza da pessoa). Vamos que vamos que em 2021 tem engenheiro novo no mercado, as dificuldades vão continuar pelo resto da vida.

    • Primeiro ponto: você sabe o que é lugar de fala?
      Segundo ponto: você paga mais de 10.000 de mensalidade? Isso não é sinônimo de sermos ricos ou mimados, mais da metade precisa de ajuda para pagar, seja por financiamento seja por cotas entre a família. Muita gente rala muito para conseguir se formar, para te atender no dia que ficar doente!
      Terceiro ponto: já cursou medicina? E se sim, conseguiu fazer isso sem ter que estudar muito só para passar e quiçá durante o curso? Porque aqui não tem muita escolha, ou estudamos ou estudamos!
      Você até pode saber fazer contas e lidar muito bem com Excel mas jamais saberá o que é ter aulas de anatomia online (e muitas outras aulas completamente inviáveis torná-las virtuais). A medicina é uma ciência humana, já é complexo aprender em cadáveres, imagine por uma tela de computador.
      No curso de medicina é impossível repor aulas. Se você cursasse, saberia que não existem horas sobrando na semana.
      Nós que estamos aprendendo por vídeos no youtube, por professores ótimos infelizmente desorientados, internet e portais falhos, é que vamos atender você, sua mãe, seu pai e seus filhos quando ficarem doentes! Não queremos ser oportunistas, só queremos o caminho certo e justo! Também não gostaríamos que as aulas parassem, mas gostaríamos que a faculdade reconhecesse a realidade e parasse de tentar nos fazer de palhaços: nos iludindo sem mostrar nenhum planejamento e orientação e além, cobrando mais de 10.000 sem que a gente desfrute do contratado e aprenda de fato.
      Se para você e seu curso está dando certo, ótimo! Mas nós, do curso de medicina, estamos desesperados e desemparados. É “só” isso. Aqui, pode pegar seu biscoito.

      • Obrigado pelo biscoito… vamos lá, tentati
        1º – Lugar de fala é desculpa pra quem só quer falar e não ouvir, em qualquer discussão, não passa de arrogância de quem tem medo de ficar sem argumentos e não gosta de ser contrariado, gosta de ser aplaudido pela claquete que pensa igual. Ponto.
        2º O valor não tem nada a ver com o que você está ou vai aprender ou não, quem paga $100,00 merece o mesmo respeito. Tem gente que precisa de ajuda pra pagar $650,00 também. Argumento de arrogância, provavelmente de alguém que está fazendo medicina não por vocação, mas por status e projeção de renda futura.
        3º Argumento de arrogância de aluna de medicina que pensa que é uma classe divina acima dos demais reles gafanhotos. Quase todos alunos (há exceções) de qualquer curso teriam dificuldade em outro curso. Eu lembro que biologia foi fácil pra mim, isso não quer dizer que medicina seria fácil.
        A maior parte dos alunos de medicina, principalmente nas faculdades publicas, e também nas privadas, teve condições de cursar boas escolas particulares, depois cursinho, portanto tinham mais condições de passar mesmo do que os demais gafanhotos que não tinham a mesma condição, apesar de talvez ter a vocação. O fato de ter que estudar muito não justifica ter que diminuir valor de mensalidade, por essa sua lógica então medicina tinha que ser de graça comparando com o tanto que vocês estudam mais que os outros cursos.
        Depois que acabar a grade vai ter tempo de sobra, um semestre deve dar para fazer as correções… se for preciso.
        Como que a faculdade vai fazer um planejamento assertivo sem saber a data que o governo vai autorizar a volta as aulas e como vai ser? O mundo não acaba hoje. Não vai ser 100% pra ninguém, a faculdade também vai perder por isso, só esse estresse já prova isso. Só um pouco de calma já da pra deduzir isso.
        A faculdade explicou pro meu pai que o contrato não foi quebrado, o Procon confirmou, não foi nenhuma faculdade que criou o vírus, a faculdade não está deixando de ofertar o que está no contrato, está sendo obrigada por força de lei, se estivessem autorizadas as aulas na faculdade você iria?
        Se a faculdade afirmou que vai repor as atividades de laboratório (não só pra vcs), se ela não cumprir então da pra reclamar, até lá é aguardar ou ir na China reclamar do vírus. E estudar, principalmente.

        • Cara, ou vc ta sendo pago ou trabalha na univag p defender tanto assim. O assunto nem eh com vc, se poupe do estresse e pare de se meter! Pq pra ta no meio, ou eh funcionário da univag ou faz medicina, pq eh impossível amar e honrar tanto uma instituição q só trabalha por interesses e dinheiro, como qualquer outra. Minha colega foi muito clara com nossos motivos e de nada tem a ver com vc, a não ser q esteja se beneficiando como imagino. Todo mundo já ligou várias vezes no CAE, no financeiro, na secretaria e tudo “está sendo avaliado”! Talvez tenha dado certo pra vc pq seu curso eh outro! Para de tentar justificar oq n sabe! N eh questão de repor até pq n da mesmo, “terminar a grade” eh depois dos 6 anos (oq a faculdade jura q vai acontecer no tempo previsto), eh impossível, temos aula em tempo integral. Vc n sabe pq n ta estudando o nosso curso c a gente, mas a qualidade caiu sim e muito, e as aulas estão contadas como dadas. N estamos aprendendo e n queremos pagar (e caro) por isso, tenho certeza q se vc tivesse nessa n estaria ai tentando defender. E eu admiro meu curso sim e acho o melhor do mundo e creio q ela tb, e se fosse o contrário n estaria cursando e muito menos lutando tanto pra continuar. Certas coisas não se discutem. Não eh questão de ser arrogante, de se achar ou n, eh questão de estar onde deve estar e defender oq eh preciso… agr, na própria história depois de pestes, gripes, guerras, estamos numa pandemia e mais uma vez vendo a importância do médico e de sua formação. Só queremos saber atuar um dia tb e agr conseguir estudar sem ter q sacrificar algum pai trabalhando. Pare de passar pano p uma situação q vc n ta vivendo.

          E sobre o lugar de fala, estude um pouquinho mais sobre, procure pensar fora da caixinha… assim vc fere muitas causas e muita gente q precisa ter voz

          • Confesso que tenho interesse sim, tenho interesse porque alunos da própria faculdade levam uma situação interna para a imprensa, o que desvaloriza meu diploma, em que a faculdade é conhecida pela qualidade, e não como aquela outra que vende diploma, também sou empático com os professores que representam o maior custo de qualquer curso, e não a energia como vocês pensam, portanto serão os primeiros penalizados sem necessidade. Só uma coisa que não entendo… se está ruim online, não tava aprendendo, porque não trancaram e voltam quando normalizar? Continuaram pra poder brigar? Trancasse, simples. Ou quer pagar e obrigar a faculdade oferecer o que é impossível nesse momento? NÃO pode oferecer aula presencial, é obrigação legal, por isso alunos que estão entrando na justiça pelo Brasil estão perdendo, não houve quebra de contrato, foi imposto pelos governos e autorizado pelo MEC. Não, não sou da medicina, nem aluno nem professor, mas pode considerar como sendo, não vou te explicar por motivos óbvios… mas muito aluno(a) que ta calado não concorda com vocês. Também não estou sendo pago, não sou eu que estou tentando tirar proveito da situação. Mas estou indignado com vcs terem levado pra imprensa sim, ta me ferrando por tabela. O barraco que vcs estão fazendo na imprensa pode influenciar outros alunos aproveitadores de outros cursos como já fiquei sabendo e ferrar quem quer estudar. Informação: meu pai me ajuda a pagar a faculdade, mas eu pago, sou tão interessado na parte do dinheiro qto vc.
            Sobre lugar de fala tenho mais leitura do que você possa imaginar, prefiro empoderar as pessoas (de verdade, não com discurso vazio), independente de grupos, do que dividi-las em grupos e trata-las como coitadinhas, o que as manterá sempre acreditando que são vitimas da sociedade, ainda que tenham sido mesmo. Como migrante nordestino de nascimento, pai e mãe, posso afirmar com propriedade, e não só por isso.

      • A faculdade que minha filha estuda deu a todos os cursos 50 % de desconto para todos os alunos que estavam em dia com o pagamento. Foram 4 meses com 50% e agora no próximos 2 meses deram 25% pois as aulas vão voltar a ser presencial tudo pensado nos seus alunos!

  38. Então, vejo aqui comentários dos dois lados. Mas a pergunta que faço é: já tentaram repactuar de 10 a 30% da mensalidade? O UNIVAG está fazendo isso!! Eu comprovei a minha perda de renda e consegui postergar 30% do pagamento para minha filha!! E minha filha faz curso na área da saúde, e também frequentará hospitais e outras unidades de saúde. Tem muita prática no curso e a coordenação apresentou aos alunos o planejamento de todas as práticas que serão repostas e como acontecerá. Como pai fiquei tranquilo. Continuo confiando muito do UNIVAG.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRestaurante Serafina agora tem combo promocional no almoço executivo, R$ 59,90
Próximo artigoJardineiro que ganhou o Brasil ao escrever “Felis Natal” morre em MT