Agente penitenciário é acusado de agredir e apontar arma para a esposa

Segundo a vítima, o companheiro também não permite que ela receba a família em casa

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 33 anos procurou a polícia nessa quinta-feira (18) e denunciou o marido, um agente penitenciário de Cuiabá, por violência física, verbal e psicológica.

Segundo relato da vítima, ela mora com o suspeito há três anos e, juntos, eles têm um filho de dois anos. Ela também tem um filho de oito anos que mora com o casal.

Ela contou que o homem chega em casa nervoso por causa do trabalho e desconta na família, a agredindo fisica e verbalmente e, ao filho que é somente del,a verbalmente.

A mulher disse, também, que como ele já tinha a casa quando passaram a morar juntos, ele sempre a diz que ela mora no local de favor e que não a deixa trabalhar.

Visitas proibidas

Além disso, segundo a vítima, ele não gosta que ela receba visitas e que nem mesmo a família dela tem permissão para ir à casa.

Nessa quinta-feira (18), o suspeito chegou a apontar uma arma para a vítima, que resolveu procurar a base da polícia no Bairro Pedra 90 e registrar um boletim de ocorrência por lesão corporal e injúria.

O caso deve ser investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTeste em drive thru
Próximo artigo800 novos casos