Volta às aulas: governo de MT abre pré-matrícula online em 25 cidades

As aulas estão programadas para retornar - de forma presencial - em fevereiro, mas alunos devem cursar duas séries ao mesmo tempo

(Foto: Freepik)

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) abriu nesta sexta-feira (4) pré-matrícula online para o ano eletivo 2021. Escolas de 25 municípios estão na lista para que pais ou responsáveis solicitem vagas, o que deve ser confirmado por cada unidade diretamente. 

Conforme a Seduc, ao confirmar a matrícula na internet, uma ficha com as informações cadastradas será emitida. O documento deverá trazer a data e o horário de atendimento dos responsáveis na escola selecionada. Somente após a confirmação presencial a matrícula do aluno será efetivada. 

As listas das escolas que participam da pré-matrícula via web e dos documentos exigidos para a realização do processo estão disponíveis em portaria publicada hoje no Diário Oficial do Estado.

As aulas estão programadas para retornar – de forma presencial – em fevereiro. 

Em Cuiabá, a confirmação presencial da vaga está programada para os dias 4 e 5 de janeiro de 2021. Para as escolas nos demais 24 municípios, essa confirmação deverá ser feita entre dias 6 e 8 do mesmo mês, sempre entre 8h e 18h. 

A Seduc vai receber solicitação de matrícula de novos alunos até o dia 8 de janeiro; já para renovação, o atendimento ficará aberto de 18 a 23 de dezembro. No mesmo período deverão ser solicitadas a transferência ou atualização de cadastro para alunos que não aparecem no SigEduca/GED/ SigEscola.  

Vale lembrar que o ano letivo 2020 será emendado com o 2021 para a maioria dos alunos, que receberão certificado de conclusão de duas séries no final do próximo ano. Só poderão optar pelo encerramento os alunos matriculados, neste ano, nas séries finais do ensino básico. 

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÔnibus cai de ponte e deixa 11 mortos e 29 feridos em Minas Gerais
Próximo artigoPromulgada lei que destina R$ 2 bilhões para vacina de Oxford