Usuária de drogas gestante tenta matar idoso de 83 anos com golpes de madeira e enxada

Os policiais que atenderam a ocorrência registraram que o ato foi de muita brutalidade, contra uma vítima idosa, indefesa e com dificuldade de caminhar

Foto: Imagem ilustrativa/Reprodução/Jornal Desafio

Um idoso de 83 anos foi brutalmente agredido nesse domingo (28) no Bairro São Francisco, em Sorriso (400 km de Cuiabá), ao perceber que seria assaltado por uma usuária de drogas e pedir que ela se retirasse do pátio da quitinete em que ele mora.

A Polícia Militar foi acionada por testemunhas e encontrou o idoso consciente, mas com lesões profundas na cabeça e nos braços, perdendo muito sangue.

Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central, onde ficou sob cuidados médicos.

Uma testemunha, um jovem de 25 anos, contou à polícia que estava no pátio das quitinetes quando viu a suspeita golpeando o idoso com pauladas na cabeça e danificando o carro dele.

A suspeita é uma usuária de drogas loira, com pele branca, que está gestante. Durante as agressões, ela soltou o pedaço de madeira, pegou uma enxada e voltou a golpear o idoso.

A testemunha mandou ela parar e a acusada começou a fazer ameaças dizendo que “os meninos viriam depois para terminar o serviço no ‘velho'”. Depois disso ela fugiu.

Os policiais fizeram buscas pela mulher, mas ela não foi encontrada.

A equipe foi até a UPA e conversou com o idoso, que relatou que a usuária de drogas entrou no pátio das quitinetes e pediu água. Ele percebeu que ela queria roubar o celular dele e pediu que ela saísse do local. Nesse momento, ela começou as agressões.

A mulher também danificou os vidros do carro do idoso, um Corolla, e só parou com a violência quando os vizinhos intervieram. Ainda assim, ela fez várias ameaças de morte contra o idoso.

A vítima ficou sob observação médica, com lesões graves na cabeça e nos braços. Os policiais que atenderam a ocorrência registraram que o ato foi de muita brutalidade, contra uma vítima idosa, indefesa e com dificuldade de caminhar.

O caso foi registrado como dano e tentativa de homicídio doloso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaggi diz que Brasil precisa de presidente da 3ª via e não vê Judiciário como viável
Próximo artigoEstá na conta nesta terça-feira