“Travel shaming”? O que é isso?

Fotos de viagem já não têm o mesmo esplendor

Imagem ilustrativa / Pixabay

Em tempos de pandemia, mais um desafio para o setor turístico e para os turistas é lidar com o “travel shaming“. O termo que na tradução literal significa “viagem envergonhada” está sendo usado para definir os desfechos em redes sociais de fotos publicadas por usuários em viagens.

Diante de fenômenos como o “cancelamento na rede”, muita gente, famosos inclusive, estão sendo acuados por fotos durante viagem de férias, principalmente quando não utilizam máscaras e estão em meio a aglomerações.

O tema foi alvo de uma matéria publicada na edição da Folha de São Paulo desta quinta-feira (15), na qual especialistas alertam para o risco à imagem dos envolvidos.

Enquanto os clientes podem ser “ensopados” por uma chuva de críticas e constrangimentos, os hotéis e pontos turísticos podem ser interpretados por futuros clientes como locais que não respeitam as regras sanitárias, favorecendo a proliferação da covid.

O texto é um alerta sobre a questão, mas não aponta soluções e nem caminhos a tomar, pois a travel shaming é uma decorrência da pandemia e, como ela, chegou atropelando o setor de turismo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProporção de brasileiros com demência mais do que dobra em 30 anos
Próximo artigoSenado cria Frente Parlamentar pelo Desarmamento