Transpantaneira vigiada: pantaneiros se reúnem para custear sistema de videomonitoramento em rodovias de Poconé

Câmeras foram entregues à Sesp, que irá operacionalizar os equipamentos de vigilância via Ciosp

O Sindicato Rural de Poconé entregou, oficialmente, sete câmeras de segurança de alta tecnologia à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) nesta quinta-feira (2). Os equipamentos foram instalados nas principais entradas e saídas do município, entre elas a Estrada Parque Transpantaneira, e serão geridos pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciosp).

A solenidade de assinatura da doação dos equipamentos aconteceu nessa quinta-feira (02), durante o 2º Encontro e 42ª Semana do Cavalo Pantaneiro, que acontece no Parque de Exposições de Poconé. O evento, tradicional na região, reuniu moradores do município e do entorno.

O valor do investimento foi custeado por todos os segmentos econômicos da região de Poconé. Ao todo, foram aplicados cerca de R$ 700 mil na compra e instalação dos equipamentos. O dinheiro foi arrecadado entre produtores rurais, Trade Turístico, organizações não-governamentais e empresários dos setores de mineração, comércio e serviço da região.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Poconé, Raul Santos, a entidade organizou o processo de compra, mas ela foi efetivada com a participação de todos segmentos, cada um investindo o que estava dentro de sua possibilidade.

Outras contribuições importantes foram das empresas Ausec e Zecta Internet. A primeira doou 7 outras câmeras usadas para vigiar a câmera de monitoramento de vândalos e, a segunda, responsável pela comunicação via internet entre os equipamentos e o Ciosp, concedeu um ano de serviços gratuitos.

Próximos passos – Depois de prontos para operacionalização, os equipamentos passaram para gestão da Sesp. O coronel da Polícia Militar, Juliano Chiroli, disse que a Segurança já fez parcerias com a comunidade para outros fins. Contudo, é uma ação inédita relacionada ao videomonitoramento.

Ele explica que o modelo instalado é de alta tecnologia e já está em uso em outros pontos de fronteira. Os equipamentos permitem a operação por meio de Inteligência Artificial (IA).

Significa dizer que todos os dados dos veículos – relacionados à Segurança Pública – são abastecidos e o sistema confere automaticamente cada carro que passa. Consegue fazer a coleta da placa com nitidez e acionar o Ciosp em caso de irregularidade para posterior checagem.

Para Chirolli, as câmeras serão um marco na segurança de Poconé porque irão reduzir os crimes na região, além de prevenir outros que possam ocorrer.

(com informação da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCPI dos Medicamentos ao vivo
Próximo artigoSupremo autoriza indústrias a pedir ressarcimento de ICMS a mais em energia