STF forma maioria para anular condenações de Lula na Lava Jato

Com a decisão, o petista permanecerá elegível e poderá disputar a corrida presidencial nas próximas eleições

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou há pouco o entendimento de que a 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná não era competente para julgar processos do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Com a decisão, o petista permanecerá elegível e provavelmente irá disputar a corrida presidencial nas próximas eleições, em 2022.

Até o momento, o placar é de seis votos pela anulação das condenações e apenas um voto contrário a Lula.

Com o entendimento do STF, o Brasil cria um vácuo jurídico para que outras condenações envolvendo a Lava Jato também sejam anuladas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProjeto quer incluir segmento óptico em lista de serviços essenciais
Próximo artigoMinistério da Educação divulga hoje resultado do Sisu 2021