Sono moderado

O sono é necessário, mas os sonhos só se realizam quando se está acordado

Dormir é bom, mas estar acordado é melhor ainda. Muitos indivíduos parecem que vivem para dormir e não dormem para viver. É a vontade e o desejo de descansar e dormir excessivamente.

Temos 24 horas por dia para alcançar os nossos sonhos e objetivos diariamente. É necessário que organizemos a nossa agenda para que tenhamos uma produtividade satisfatória do nosso tempo.

Algumas pessoas dizem que o ideal seria repartir as 24 horas que temos disponíveis em três partes, 1/3 para cada grupo de atividades, quais sejam: 8 horas para trabalhar, 8 horas para lazer e convívio com os amigos e familiares e 8 horas para dormir.

Eu, particularmente, como um bom cuiabano, costumo dormir após o almoço, aquela sesta que alguns denominam “soninho da beleza”. Nem sempre consigo dormir efetivamente, porém, apenas o fato de descansar, de fechar os olhos por 30 minutos já me fornece combustível extra para trabalhar com alta performance na sequência do dia.

É claro que também depende do fator idade de cada ser humano. Nós temos uma quantidade mínima e máxima ideal de horas por dia para que tenhamos um descanso adequado para o nosso perfil.

O site “Tua Saúde” nos apresenta uma tabela sobre a idade versus a quantidade de horas que devemos dormir diariamente.

Idade Quantidade de horas que deve dormir
Bebê de 0 a 3 meses 14 a 17 horas por dia e noite
Bebê de 4 a 11 meses 12 a 16 horas por dia e noite
Criança de 1 a 2 anos 11 a 14 horas por dia e noite
Criança de 3 a 5 anos 10 a 13 horas por dia e noite
Criança de 6 a 13 anos 9 a 11 horas por noite
Criança de 14 a 17 anos 8 a 10 horas por noite
Adultos a partir dos 18 anos 7 a 9 horas por noite
A partir dos 65 anos 7 a 8 horas por noite

 

Vale ressaltar que para dormir deve haver a implantação de um ritual em nossa vida, ou seja, a criação de uma rotina. Hora de dormir, preparação para dormir, momento de acordar, a ingestão ou não de alimentação ou líquido etc.

A carência de quantidade de horas diárias de sono pode trazer severas consequências para o nosso organismo, tais como: falhas de memória, cansaço excessivo, olheiras, envelhecimento, estresse, descontrole emocional, enfim.

Já vimos que é necessário ter um sono adequado, com qualidade e moderado todos os dias para que tenhamos uma maior produtividade em nossa vida. Porém, se houver excesso de quantidade de horas de sono é provável que teremos problemas físicos como também de outros aspectos.

O livro de Provérbios 20:13 nos apresenta a seguinte citação: “Não ame o sono, senão você acabará ficando pobre; fique desperto, e terá alimento de sobra”.

A Bíblia é contundente ao afirmar para aqueles que gostam de dormir demasiadamente que devem ficar em alerta, pois provavelmente terão problemas financeiros e de progresso em suas vidas.

Não permita que o excesso de sono destrua a sua vida. Seja inteligente e trabalhador, busque os seus objetivos a fim de ter uma vida mais adequada e mais feliz.

Não ame o sono. Não odeie o sono. O ideal é buscarmos um equilíbrio em nossas vidas para que consigamos executar todas as nossas tarefas, com louvor.

É bom dormir. É bom descansar. É bom relaxar. É bom ter tranquilidade, entretanto, saber moderar a quantidade de horas de sono e fazer antes todas as suas tarefas, executar as suas metas e alcançar os seus objetivos devem preponderar sobre o seu excesso de sono.

Devemos fazer, primeiro, as nossas obrigações diárias. Temos que nos atentar a isso para que não tenhamos um presente e um futuro trágico. É sim possível organizar a nossa vida, ter uma melhor gestão do nosso tempo, para que saibamos aproveitar com mais eficiência as horas do dia.

Vamos moderar a nossa vida? Ter uma noite tranquila e suave é muito bom, porém, saber gerenciar o nosso tempo para fazer as nossas atividades, e não permitir que o excesso de sono e a preguiça dominem a nossa mente, é muito saudável. Progrida e desenvolva sua vida tendo um sono tranquilo.

Vamos ter uma vida em abundância! Basta tentar e persistir.

:::::::::::::::::::::::::

Francisney Liberato Batista Siqueira é Auditor Público Externo do Tribunal de Contas de Mato Grosso e Chefe de gabinete de Conselheiro do TCE-MT. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole” e “Fenomenal”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAdolescente leva tiro acidental após derrubar arma da mãe agente penitenciária
Próximo artigoRenovação e desilusão: o que os jovens de Cuiabá esperam após a eleição?