Adolescente leva tiro acidental após derrubar arma da mãe agente penitenciária

Tiro acertou a mão do adolescente

Imagem ilustrativa/ Pixabay

Um adolescente de 15 anos deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), nesse domingo (15) com a mão atingida por um tiro.

À Força Tática da Polícia Militar, o menino disse que foi até a bolsa de sua mãe – agente penitenciária – pegar dinheiro para comprar açaí, deixou a pistola dela cair no chão e esta disparou acidentalmente na mão dele.

Ele disse que, após o acidente, pediu a um amigo que estava na casa para levá-lo até o hospital. O amigo, no entanto, não foi encontrado na UPA.

O adolescente deu o endereço de sua casa, no Bairro Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande, disse que a arma estava em cima de um colchão e que a casa estava aberta. Os policiais, então, foram até o local.

Na residência, um homem confirmou que lá morava uma mulher que era agente penitenciária e acompanhou os policiais em uma busca na casa. A arma realmente foi encontrada no local em que o adolescente indicou.

Uma munição intacta foi encontrada no sofá da casa e uma cápsula deflagrada dentro da piscina da casa.

A mãe do menino logo compareceu à casa e, depois, acompanhou os policiais na confecção do boletim de ocorrência, onde ela acabou como suspeita por “omissão de cautela de arma de fogo, munição ou acessório” e “entregar a criança ou adolescente arma, munição ou explosivo”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorWilson marqueteiro
Próximo artigoSono moderado