Sem apoio a ministros do STF

Governador Mauro Mendes não participou de carta em que gestores fazem manifesto de solidariedade à Corte Suprema

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), ficou de fora de carta assinada por 14 gestores em apoio aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao tribunal. O manifesto foi divulgado na manhã desta segunda-feira (16). 

A carta é apresentada como manifestação de solidariedade “aos ministros e aos seus familiares e ao tribunal, em face dos constantes ataques e agressões”. A referência é ao presidente Jair Bolsonaro, que busca no Senado o impeachment dos ministros Alexandre de Moraes e Luiz Roberto Barroso. 

“No âmbito de nossos Estados, tudo faremos para ajudar a preservar a dignidade e a integridade do Poder Judiciário. Renovamos o chamamento à serenidade e à paz que a Nação tanto precisa”, diz trecho. 

Mendes esteve recentemente em Brasília e conseguiu o apaziguamento com Bolsonaro após rumores negativos, de ambos os lados, sobre duas cartas assinadas por ele no começo do ano, fazendo frente a ações do governo federal. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulher mantém o marido em cárcere privado e ameaça matá-lo e comer o cérebro dele
Próximo artigoDesceu porque quis