Sem abuso de poder

TRE nega cassar mandato de prefeito de Primavera do Leste

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso negou nesta quinta-feira (22), por unanimidade, cassar o mandato do prefeito de Primavera do Leste (192 km de Cuiabá), Leonardo Bortolin (MDB).

O partido Podemos ingressou com uma ação de investigação judicial eleitoral apontando abuso de poder político e econômico por conta de despesas relativas a publicidade que não constariam em despesa oficial, o que configuraria suspeita de caixa 2.

O relator, desembargador Sebastião Barbosa Farias, alegou falta de provas da acusação e que a defesa comprovou que não houve despesas extras. O voto foi acompanhado pelos demais julgadores.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorManifesto a favor do kit-covid
Próximo artigoSTF mantém suspeição de Sérgio Moro na Lava Jato