STF mantém suspeição de Sérgio Moro na Lava Jato

Maioria dos ministros acredita que o ex-juiz agiu de forma parcial ao emitir sentenças nos processos

Em uma sessão realizada em plenário, nesta quinta-feira (22), o Supremo Tribunal Federal (STF) analisou a suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos processos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no âmbito da Operação Lava Jato.

A Corte decidiu, por maioria, manter a decisão da Segunda Turma da Corte que considerou Moro suspeito. A decisão é considerada uma vitória para o ex-presidente Lula, que afirma ter sofrido perseguição da Lava Jato.

Embora o julgamento não tenha terminado, a maioria dos votos já é pela suspeição de Moro enquanto comandou a operação. O placar, por enquanto, é de 6 a 2.

Veja como os ministros votaram

Até o momento, votaram pela manutenção da suspeição de Moro os ministros Alexandre de Moraes, Nunes Marques, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski.

Foram contrários à manutenção da suspeição o relator, Edson Fachin, e o ministro Luís Roberto Barroso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem abuso de poder
Próximo artigoMT chama a atenção de embaixador por fiscalização a atos ambientais criminosos