“Quem quer eleição suja é o ministro Barroso”, diz Bolsonaro

Bolsonaro ainda acusou o presidente do TSE de trabalhar para eleger o candidato do Partido dos Trabalhadores

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre a adoção do voto auditável nas próximas eleições. Em conversa com apoiadores nesta segunda-feira (02), Bolsonaro fez acusações ao presidente do TSE e ministro do Supremo, Luís Roberto Barroso.

De acordo com Bolsonaro, o ministro Barroso trabalha para que as próximas eleições sejam duvidosas. O presidente afirmou ainda que o ministro não aceita críticas.

“Quem quer eleição suja e não democrática é o ministro Barroso. Esse cara se coloca como [alguém que] não pode ser criticado”, afirmou Bolsonaro.

Barroso em campanha por Lula

Por fim, Bolsonaro afirmou que Barroso ajudou a tirar o ex-presidente Lula da prisão e a torná-lo elegível e acusou o ministro de fazer campanha para o petista.

“O Barroso ajuda a botar o cara [Lula] para fora da cadeia, torna elegível… E o Barroso vai contar os votos dele lá? Qual a consequência disso?”, disse o presidente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVídeo | Helicóptero com 300 kg de cocaína cai no Pantanal
Próximo artigoMP prorroga vigência de medidas excepcionais durante a pandemia