Início Crônicas Policiais Pai de técnica de enfermagem assassinada pelo ex-marido não resiste e também...

Pai de técnica de enfermagem assassinada pelo ex-marido não resiste e também morre

Idoso havia sido esfaqueado pelo ex-genro no umbigo e no pescoço ao tentar defender a filha

Franciele e Junior (Foto: Facebook)

Morreu nesta segunda-feira (6) o idoso Aparecido José da Silva, de 67 anos, pai da técnica de enfermagem Franciele Robert da Silva Igesca, 33 anos, assassinada nesse domingo pelo ex-marido Junior dos Santos Igesca, 36 anos.

A morte foi confirmada pela assessoria da Polícia Civil. A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada para liberar o corpo de Aparecido.

O crime aconteceu dentro da casa das vítimas, no Bairro Jardim Glória I, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), no fim da tarde desse domingo (5).

Aparecido havia entrado em luta corporal com o ex-genro quando ele invadiu a casa da família para tentar proteger a filha, mas acabou esfaqueado no umbigo e no pescoço.

Ele chegou a ser socorrido e levado para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã dessa segunda-feira (6).

Depois de esfaquear o ex-sogro, o suspeito foi até o quarto em que a ex-esposa tentava se esconder com a filha do casal, arrombou a porta e golpeou a ex-mulher várias vezes com uma faca, até a morte, na frente da filha.

Em seguida, ele foi até o banheiro e tentou tirar a própria vida. Porém, quando a Polícia Militar chegou ele ainda estava com vida e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele foi preso e passa bem.

LEIA TAMBÉM

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui