Padrasto é acusado de passar a mão em enteada adolescente

Irmãs da vítima já deixaram de morar com a mãe por terem sofrido abuso do padrasto

Imagem ilustrativa

A irmã de uma adolescente de 14 anos procurou a polícia nessa quarta-feira (5) para denunciar o padrasto, de 32 anos, após a menina afirmar que ele passou a mão no corpo dela.

O caso teria acontecido na casa em que adolescente mora com a mãe e o padrasto, no Bairro Nova Canarana, em Canarana (835 km de Cuiabá).

Segundo relato da irmã, ela recebeu uma mensagem da adolescente por volta das 14 horas informando que o padrasto havia passado a mão nela e dito que iria fazer “coisa ruim com ela” caso contasse o ocorrido para alguém.

No momento do abuso sexual, só estavam o padrasto e a enteada na casa, em que moram somente os dois e a mãe da menina, visto que, segundo a irmã denunciante, as demais irmãs deixaram de morar com a mãe após também acusarem o padrasto de abuso sexual.

A adolescente de 14 anos disse à irmã que também não foi o primeiro abuso que sofreu por parte do padrasto.

O caso foi registrado como importunação sexual e será investigado pela Polícia Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNão Olhe Para Cima se torna filme mais visto em 1 semana da Netflix
Próximo artigoPoliciais penais mantém greve suspensa