Operação da PF combate pesca ilegal em terra indígena em MT

Homem não indígena foi preso acusado de praticar delitos ambientais no interior da Terra Indígena

Imagem ilustrativa (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Polícia Federal e a Funai CR-CGB deflagraram na manhã desta terça-feira (15) uma operação conjunta para combater a pesca e a caça predatórias no interior da Terra Indígena Tadariamana, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

A Operação Ksenos cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra um suspeito não indígena, possivelmente integrante de uma facção criminosa, acusado de praticar delitos ambientais no interior da Terra Indígena.

Segundo a Polícia Federal, durante a busca foram apreendidas três armas de fogo, redes e tarrafas utilizados para pesca predatória.

KSENOS é uma palavra de origem grega que significa “aquele que vem de fora”. Assim, o nome da operação foi alusão ao não-indígena acusado a praticar crimes em Terra Indígena.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCaso Isabele: MPE vê dolo e quer júri popular a pais de menor infratora
Próximo artigoÁgua pouca, luz cara: energia elétrica vai aumentar novamente