Não bato boca com condenado

Selma Arruda (PLS) disse que não comenta as acusações de Silval Barbosa

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Em resposta ao ex-governador Silval Barbosa, a juíza aposentada e pré-candidata ao Senado, Selma Arruda (PLS), disse apenas: “Não bato boca com condenado”, repetindo um “chavão” parecido com o do governador Pedro Taques (PSDB) em relação ao ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva. O tucano, por sua vez, utilizava a palavra “presidiário” no lugar de “condenado”.

Selma não quis comentar as declarações dadas pelo ex-governador na última terça-feira (03), antes de prestar depoimento na Controladoria-Geral do Estado (CGE). Ele disse que ela usou a imprensa para ganhar visibilidade com as decisões que tomou quando atuava na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, pois tinha projeto político em cima da carreira.

Antes de se aposentar da magistratura, a pré-candidata foi responsável pela prisão preventiva tanto de Silval, como de Riva, em 2015.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolicial da Delegacia de Roubos e Furtos tem a arma e a viatura roubadas
Próximo artigoMP que fixa valores mínimos para frete de cargas deve ser votada hoje