MT é o segundo Estado com menor número de desempregados no país

Taxa de desocupação recuou para 6,6% da população no terceiro trimestre, com maior crescimento de pessoas em trabalho doméstico

Agência Brasil

A taxa de desocupação em Mato Grosso recuou para 6,6% no terceiro trimestre do ano e foi o segundo menor índice registrado no país até o momento. O número é a metade da média brasileira registrada na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua. O desemprego no país ficou em 12,6% entre julho e setembro. 

Conforme a Pnad, a desocupação em Mato Grosso hoje é menor tanto em relação ao segundo trimestre (abril a junho) deste ano, quando foi registrado taxa de 9% da população, quanto em relação ao terceiro trimestre 2020, de 10,2%. 

A contratação de pessoas para trabalho doméstico aumentou em 25 mil pessoas. No segundo trimestre eram 97 mil e no terceiro, 122 mil, alta de 26,5%. Em 2020, 92 mil pessoas estavam na área.    

O setor de agricultura também teve alta expressiva na comparação com o trimestre anterior. O número de pessoas contratadas subiu de 242 mil para 249 mil. 

O número de desalentados, pessoas que desistiram de procurar trabalho por acharem que não encontrariam, ficou em 23 mil de julho a setembro, recuo de 37,2% em relação ao mesmo período do ano passado. 

A PNAD Contínua estima que o rendimento médio dos trabalhadores em Mato Grosso esteja em R$ 2.419. No trimestre anterior, era de R$ 2.484 e, no terceiro trimestre de 2020, era de R$ 2.723.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP pede reforço policial
Próximo artigoAlec Baldwin fala sobre acidente em Rust e diz que não puxou o gatilho de arma