MP pede reforço policial

Promotor deu cinco dias para o Governo de Mato Grosso responder um pedido que visa, segundo ele, coibir "crimes de extrema violência"

Imagem Ilustrativa (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Mirassol D’Oeste (300 km de Cuiabá) requisitou à Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) que reforce a atuação das polícias Civil e Militar município. O Ministério Público concedeu prazo de cinco dias para uma resposta ao pedido.

A solicitação partiu do promotor de Justiça Elton Oliveira Amaral, considerando que, nos últimos meses, tem aumentado a prática de crimes com extrema violência na cidade. “Não há como cerrar os olhos para a crescente onda de criminalidade que vem vitimando e assombrando os cidadãos”, pontuou.

Elton Oliveira Amaral reforçou que, embora os acontecimentos estejam sendo investigados pelos órgãos responsáveis, as polícias merecem reforços para a eficácia da atividade-fim.

A cidade fica nas proximidades da fronteira com a Bolívia e, segundo o promotor, essa localização torna Mirassol D’Oeste “atrativa para o desenvolvimento do crime organizado”.

Quanto ao prazo apertado para uma resposta do governo, o promotor argumenta temer que “as festividades de fim de ano na região deságuem no aumento de circulação de meliantes e ações criminosas das mais diversas”.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior7 dicas fundamentais sobre independência financeira
Próximo artigoMT é o segundo Estado com menor número de desempregados no país