Morre Lupércio José dos Anjos, “o artista das lamparinas”

Artista autodidata, tornou-se um expoente do artesanato mato-grossense

Cultura mato-grossense em luto: morre Lupércio José dos Anjos (Foto de José Medeiros)

Uma luz se apaga no artesanato mato-grossense. O artesão Lupércio José dos Anjos, cujo nome eterniza-se na arte regional pela criação de lamparinas coloridas e obras feitas a partir de latas reutilizadas, morreu nesta segunda-feira (19), em Nobres (a 151 km de Cuiabá), oficialmente com 85 anos.

Vivendo na cidade conhecida pelo ecoturismo por mais de duas décadas, Lupércio é um dos expoentes do artesanato regional. Ele nasceu na Bahia, foi criado no Paraná, mas foi mesmo Mato Grosso que ele escolheu para morar.

Detalhes da produção artística de Lupércio (Foto de José Medeiros)

Foi aos 65 anos, com problemas de locomoção que ele teve que abandonar o trabalho na roça e começou a fazer peças com latas reutilizadas.

  • No ano passado, Lupércio foi homenageado na Feira Nacional do Artesanato (Fenearte), em Recife (PE) e recebeu o título de mestre artesão.

No site A Lente, dedicado à fotografia documental, o fotógrafo José Medeiros, com texto do jornalista Thiago Andrade, traz à luz obra do artista. Confira:

Sem idade para recomeçar: a arte popular de Lupércio dos Anjos