Mendes: responsabilidade não é só do Executivo

Governador ainda ressalta que a crise em Mato Grosso não foi por falta de receita

(Ednilson Aguiar/O Livre)

Ao assumir o Governo de Mato Grosso em meio a uma crise financeira, Mauro Mendes (DEM) chama a responsabilidade também para deputados estaduais, lembrando que não cabe apenas ao Executivo trabalhar pela melhoria do cenário econômico-financeiro do Estado.

“Não só nos ombros do Executivo está depositada essa responsabilidade. Cabe aos senhores parlamentares federais e estaduais tomarem as medidas corretas, que não chamo de medidas duras, para que possamos fazer uma correção de curso e colocar esse país novamente no trilho”, afirmou, durante cerimônia de sua posse realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

O democrata ainda destacou que o Estado precisa recuperar a capacidade de cumprir as obrigações voltadas aos cidadãos. Ele também enfatizou que a crise em Mato Grosso não foi por falta de receita, mas sim o descontrole da despesa causada por seu antecessor, Pedro Taques (PSDB).

“Foi o absoluto descontrole das despesas que nos levou a uma das piores crises dos últimos 20 anos”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS