Médico é preso após xingar cozinheira de hotel de “macaca, preta e gorda”

Além de fazer uma confusão, o médico também ofereceu dinheiro para uma recepcionista do hotel manter relações sexuais com ele

(Foto: Joca Duarte/Creative Commons-Arq. ABr)

Um médico de 47 anos foi preso na noite dessa terça-feira (13) acusado de xingar a cozinheira de um hotel situado no Bairro Jardim Esmeralda, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), com injúrias raciais.

A Polícia Militar foi acionada por funcionários do hotel, que contaram que o médico que está hospedado no estabelecimento há cerca de um mês e nessa terça-feira (13), em visível estado de embriaguez, xingou a cozinheira do hotel, de 43 anos, de “vagabunda, macaca, preta e gorda”.

A recepcionista do hotel presenciou as ofensas à colega de trabalho e também relatou à polícia que o suspeito quebrou algumas garrafas de cerveja no quarto em que está hospedado.

Além disso, ele entrou no quarto de outro hóspede, ficou se recusando a sair, e xingou outra hóspede. Por fim, ele ainda ofereceu dinheiro a uma recepcionista do hotel para que ela mantivesse relações sexuais com ele.

Os funcionários do hotel disseram à polícia que o médico tem agido dessa forma há vários dias, sempre mantendo um alto consumo de bebidas alcoólica e causando transtornos no estabelecimento.

Os policiais, então, tentaram contato com o médico, que passou a xingar a equipe e a ameaçar os militares, afirmando que sua esposa é juíza.

Ele foi detido e foi preciso algemá-lo, visto que estava agressivo. Depois, foi encaminhado para a delegacia, onde o caso foi registrado como injúria mediante preconceito, desacato, perturbação do trabalho ou sossego alheios e ameaça.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistério da Saúde diz que 17 mil estão sem a 2ª dose da CoronaVac em MT
Próximo artigoNova lei traz mudanças nas regras para compra e venda de veículos; entenda