Mecânico é preso por estuprar, agredir e enforcar ex-companheira em motel

Ele a atraiu chamando-a para ir à delegacia, onde retiraria uma queixa que fez contra ela

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um mecânico de 30 anos foi preso nessa segunda-feira (14) acusado de estuprar e agredir a ex companheira, de 38 anos, dentro de um motel em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

Segundo a Polícia Judiciária Civil, o suspeito atraiu a ex-companheira chamando-a para ir à delegacia, onde ele retiraria uma queixa que fez contra ela. No entanto, no caminho ele entrou em um motel, puxou a vítima pelos cabelos e a obrigou manter relação sexual.

O suspeito ainda bateu a cabeça da vítima contra a parede, desferiu socos contra sua boca e, em seguida, tentou enforcá-la com um carregador de celular, enquanto, a todo tempo, falava palavras de baixo calão contra ela.

Na saída do estabelecimento, o suspeito obrigou a vítima a pagar a conta do motel e ainda levou R$ 100 que estavam na carteira dela.

A vítima tornou a ser ameaçada pelo suspeito, que disse que, se ele fosse preso, a mataria quando saísse da cadeia. A mulher já havia registrados boletins de ocorrência anteriores contra o homem e possuía medidas protetivas.

Assim que tomaram conhecimento dos fatos, os investigadores da Delegacia da Mulher de Rondonópolis saíram em diligências e conseguiram localizar o suspeito em seu local de trabalho, uma oficina no Bairro São Francisco, em Rondonópolis.

Diante dos fatos, ele foi conduzido à 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis para as providências cabíveis.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDEM fecha com Leitão
Próximo artigoMulher tem visão de que marido a traiu com a vizinha e vai tirar satisfação com ela