Lançamentos de carros elétricos de luxo vão incrementar concessionárias em Cuiabá

As montadoras apostam, mais que nunca nos carros eletrificados, no Brasil já existe a estimativa de que até 2030 o país terá uma frota de 2 milhões de veículos elétricos e híbridos plug-in, sendo assim 2021 pode ser o melhor ano do segmento no país.  Os híbridos que funcionam com dois tipos motores, elétrico e outro de combustão, não são mais as grandes novidades do setor automobilístico, mesmo sendo algo novo, agora a grande promessa mesmo é o incremento em carros elétricos, que vão começar a ter mais espaço no mercado nacional. Mas, essa fatia de mercado será para o público alto padrão, com modelos acima de R$ 200 mil.

Alguns modelos já eram para terem sido lançados, porem a pandemia mudou um pouco o calendário, principalmente das fabricantes europeias, mas alguns s exemplares estarão disponíveis no primeiro trimestres deste ano.  E outros já foram lançados. Apenas poucos meses depois de começar a vender seu primeiro carro elétrico no Brasil, a Audi expandiu a linha, com a pré-venda do e-tron Sportback, versão cupê do SUV, o modelo em versão única sai por R$ 511.990,  na modalidade de venda direta. O preço público não foi divulgado.

A Volvo irá revelar seu segundo carro 100% elétrico em março desde ano, aliás para 2021 a montadora espera que suas vendas globais sejam de 50% de carros totalmente elétricos. Tem poucos detalhes no momento, porem o novo modelo  movido a bateria será inspirado na arquitetura de módulo compacto, que também sustenta o crossover 100% elétrico XC40 Recharge.

É bastante aguardado também chegar ao Brasil este ano o iX, primeiro SUV puramente elétrico da BMW, com 500 cavalos de potência e a promessa de um 0 a 100km/h em menos de 5,0 segundos.

A Ford também celebra o seu primeiro veículo 100% elétrico, o Mustang Mach-E, um SUV que agora vai passar a investir ainda mais em modelos eletrificados.

O empresário Amir Maluf, que investe pesado em tecnologia de estética automotiva e em carros de luxo, confirma que aguarda a chegada de mais  carros elétricos para incrementar as opções no Centro Automotivo Rivenditori; “No segundo semestre do ano passado comercializamos um e-tron, foi apenas o ponto de partida.  Acredito que seremos o Centro Automotivo em Mato Grosso que mais terá exemplares elétricos, pois temos no Estado um seleto mercado sedento por essas super máquinas”, pontua.

Para a Rosi Cidram, gestora da Rivenditori, especialista em autos, a perspectiva de maior volume de carros elétricos vai trazer um desempenho positivo pós-crise econômica motivada pela pandemia. “Estamos em contagem regressiva para que mais veículos elétricos comecem a chegar a partir do primeiro semestre deste ano, será uma nova referência em autos de luxo”, finaliza.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior1º lote de vacina contra covid-19 cobre 7% dos grupos prioritários em Mato Grosso
Próximo artigoÁguas Cuiabá conclui melhorias no Bairro 1º de Março dia 18