|domingo, 19 agosto 2018

in-Próprio Coletivo encena peça audiovisual inspirada na velhice neste fim de semana

Neste fim de semana, OraMortem transforma a Sala Anderson Flores, do Cine Teatro Cuiabá, em um grande espelho d'água para o encontro da velha e o menino

199
COMPARTILHECOMPARTILHE

Após circular por mais de 40 cidades brasileiras, OraMortem, o primeiro espetáculo do in-Próprio Coletivo, de Cuiabá, realiza curta temporada neste fim de semana no Cine Teatro. A peça será encenada na Sala Anderson Flores, em sessões às 20h30, no sábado (11) e domingo (12), integrando a Mostra MT Convida. Os ingressos a R$ 20 são adquiridos na bilheteria do local.

Com dois Prêmios Cenym de Teatro Nacional, OraMortem é fruto de uma experiência em criação compartilhada. O espetáculo trata das sensações de uma senhora ao projetar possíveis encontros com um jovem: em cena, dois atores, três músicos e uma iluminadora performer adentram um espelho d’água para, juntos, tecerem uma narrativa que se apoia nas sombras projetadas, nos sussurros dos amantes e no compasso dos seus (des)encontros.

Espetáculo OraMortem

No enredo, não há utilização da palavra, o que convoca o espectador a construir uma narrativa subjetiva, baseada nos estímulos audiovisuais a que é exposto. O espaço, a luz, a música e a atuação se retroalimentaram e influenciaram simultânea e constantemente. “Experimentar OraMortem requer que essa convocação seja um acordo tácito entre os artistas e a plateia”.

OraMortem é inspirado num instante de delírio e afetos de dona Maria de Lourdes, uma mineira de 90 anos, avó da atriz Daniela Leite. Logo após a viuvez, Lourdes passou por uma cirurgia de catarata e, possivelmente devido ao uso de anestésicos, somados às fragilidades emocionais daquele período, delirava ser jovem, numa mudança brusca de percepção do tempo.

“Preparava-se para o encontro com seu namorado, com todos os anseios peculiares de uma adolescente. Além disso, confiava que suas filhas eram, na verdade, suas irmãs e, desde então, começou a compartilhar intimidades de sua vida íntima nunca antes reveladas. Essa abertura disparou em mim a possibilidade de um olhar menos óbvio para a velhice e enquanto coletivo, passamos a questionar com mais interesse as potencialidades do corpo como matéria para a criação artística”, conta Daniela, responsável pelo argumento da peça.

Na interpretação da velha e do menino, Daniela Leite e Alexandre Cervi. Na concepção e operação de luz, Karina Figueredo. Na criação e execução da trilha sonora, Estela Ceregatti, Jhon Stuart e Gustavo Lima. O cenário é de Luis Segadas e Daniela Leite, e o figurino de Einstein Halking.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Estudante se sensibiliza e vende brownies para comprar cadeira de rodas a adolescente com paralisia cerebral
Bombeiros não liberam Rock Arena e público é barrado na entrada do evento; veja vídeo
MD: Droga sintética tema de música é apreendida pela primeira vez em Sinop
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Personagens inusitados e nomes curiosos: as figuras carimbadas de toda eleição
População de MT vai poder escolher entre 519 candidatos nas eleições deste ano
Carreta carregada de cerveja tomba e carga é saqueada em Sorriso
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Fazenda que produz mais de 37 mil litros de leite por dia atrai atenção dos mato-grossenses
Vendas de carne bovina crescem 11% e somam US$ 3,5 bilhões
Fazendeiros que desmataram 242 hectares terão que pagar R$ 150 mil
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Duelo estadual de MCs terá seletivas nas batalhas de Cuiabá e VG até outubro; confira datas
Shows internacionais invadem o gramado da Arena Pantanal em Cuiabá
Rede que conecta pensadores sobre mundo contemporâneo será lançada na UFMT
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quarta-feira
Governo procura 67 pessoas para pagar indenização por trabalho escravo
Decreto proíbe cobrança por cadeira de roda em viagem rodoviária
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Por R$ 23 mil, Tribunal de Justiça de Mato Grosso lança concurso para magistratura
Sejudh abre concurso para agentes penitenciários com salários de até R$ 3 mil
Sine Municipal oferece 78 novas oportunidades para quem deseja retornar ao mercado de trabalho
X