Idoso contrata diarista em agência e oferece dinheiro para “ficar” com ela

Ele passou o dia tentando embebedá-la, até ela desistir do trabalho e ir embora

Ilustrativa/Reprodução Internet

Uma mulher de 34 anos denunciou um idoso de 67 anos nessa quarta-feira (10) após ser contratada para fazer faxina na casa dele e, ao chegar no local, ele passar a assediá-la oferecendo dinheiro para que ela ficasse com ele.

Segundo relato da vítima, ela foi contratada como diarista por meio de uma agência de emprego e se dirigiu até a casa do idoso, no Bairro Jardim Universitário, em Cuiabá.

Já no local, ela encontrou uma mala aberta com camisinhas e dinheiro em cima de uma cama e estranhou.

Pouco depois, foi chamada pelo idoso e achou que ele iria lhe mostrar o que queria que ela fizesse. Porém, ele pediu que ela sentasse em uma cadeira para conversar e começou a assediá-la.

Durante a conversa ele disse para ela ir até o quarto dele, onde ela acharia uma bolsa e que se ela quisesse poderia pegar.

“Outras mulheres aceitaram”

A mulher respondeu que ele estava enganado a seu respeito, pois estava no local para prestar serviços domésticos, não para manter relação sexual com ele, mas o idoso insistiu dizendo que outras mulheres haviam se submetido a ficar com ele por dinheiro.

Em seguida, ele disse para a vítima esquecer o ocorrido e ela seguiu com a limpeza, mas, por segurança, mandou mensagem para a agência dizendo que ele era “tarado”.

Durante o dia o idoso ficou oferecendo bebida alcoólica para a diarista, tentando embebedá-la. Por fim, ela desistiu do serviço, avisou a agência e foi embora sem finalizar a diária.

Depois ela procurou a polícia e denunciou o idoso por assédio sexual.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrimeira-dama se recupera em SP
Próximo artigoJustiça mantém prisão de supostos membros do Comando Vermelho em MT