Henry Cavill diz que não está preocupado com fãs tóxicos de The Witcher

Nada mais preocupa Henry Cavill, ele prefere pensar nos que vão gostar muito!

(Foto: Reprodução/O Livre)

Desde o anúncio da série The Witcher para a Netflix, diversos fãs insatisfeitos fazem ataques constantes à produção reclamando de diversos tópicos.

Evidentemente que as críticas duras afetam a moral da produção deixando todos os profissionais ainda mais aflitos para conseguir conquistar a parte fiel da audiência extremamente apaixonada pelos jogos e livros.

Agora, o ator Henry Cavill, protagonista da série, admitiu que não está preocupado com os comentários tóxicos de alguns fãs.

“Quando se trata de fãs, eu entendo que eles tenham o direito de dizer o que quiseram, eu também sou um fã e me irrito de vez em quando. E eu sei que alguns deles vão ficar chateados com The Witcher. Estamos falando de livros e jogos, então a série não irá repetir tudo o que os fãs leram ou jogaram. Sinceramente, não estou preocupado com fãs tóxicos, só acho que muitos deles têm uma paixão muito forte pela franquia”, disse em entrevista ao jornalista Jake Hamilton.

Cavill aproveitou para falar um pouco sobre como seu personagem será visto dentro da série e como isso o afetou pessoalmente.

“Geralt é aquele indivíduo que não faz parte de nenhum grupo depois de passar pelos portões da cidade porque é muito diferente de todos os outros. Ninguém pode controlá-lo, ele é mais rápido, mais forte, e melhor espadachim que qualquer um. E ele ainda fusa magia. Toda a atenção da cidade será desviada para ele, especialmente se ele estiver cercado de pessoas. Eu me senti bem desconfortável no início”, finalizou.

A série estreia em 20 de dezembro na Netflix e já teve a sua 2ª temporada confirmada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorExportações de carne bovina têm faturamento recorde de R$ 3,14 bi
Próximo artigoSob nova direção

O LIVRE ADS