30 dias de fogo: incêndio no Pantanal já queimou 380 mil hectares de vegetação

Em uma das áreas, o fogo já avançou 100 km desde o ponto em que teve início

(Foto: Jeferson Prado)

Há um mês o Pantanal em Mato Grosso está sendo consumido pelas chamas. Um cenário que antes mesmo de completar “aniversário” já era considerado o pior em 22 anos. Até agora, 380 mil hectares já foram atingidos pelo fogo. O equivalente a todo o território de Cuiabá e um pedaço de Várzea Grande (região metropolitana).

Com aproximadamente 3,3 mil quilômetros quadrados, a Capital ocupa uma área de 329 mil hectares.

Fatores como a seca acentuada, a baixa umidade do ar e os ventos fortes colaboraram para esse diagnóstico. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há um único foco de incêndio na região. São centenas.

Do total de área por onde o fogo já passou, 47 mil hectares estão dentro da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN Sesc Pantanal). Uma região que representa 12,3% do espaço atingido pelas chamas.

Os outros 87,7% são a somatória de áreas como a Aldeia Indígena Perigara e a Transpantaneira.

As fazendas São Francisco, São José, Tutu, Cambará, Santa Tereza, Santa Elvira, Paraíso e Beleza também estão entre as atingidas.

Em uma das áreas, o fogo já avançou 100 km desde o ponto em que teve início.

Mas há histórias de sucesso no meio de tanta destruição. A casa de um pantaneiro que vive há 79 anos na região foi preservada durante ação dos bombeiros.

Ação humana

Dados do Ibama/Prevfogo indicam que 98% dos incêndios têm origem em ações humanas, sejam acidentais ou criminosas.

Após sobrevoo na área atingida acompanhado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que uma tecnologia vai indicar o início dos focos de incêndio no Pantanal e medidas punitivas devem ser aplicadas. 

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVeja como votaram os deputados de MT na manutenção do veto a reajuste para servidores
Próximo artigoPetrobras eleva preço da gasolina em 6% e do diesel em 5%