Queimadas no Pantanal ameaçam santuário das araras azuis

Refúgio natural fica em uma fazenda no município de Barão de Melgaço e abriga 15% da população da espécie

(Foto: Instituto Arara Azul)

Ameaçadas de extinção, as araras azuis têm um refúgio natural no Pantanal de Mato Grosso. Entretanto, assim como as aves, a área está sendo afetada, só que pelas queimadas. O fogo que começou há quase um mês já destruiu cerca de 185 mil hectares de vegetação nativa.

O santuário fica na fazenda São Francisco do Perigara, localizada em Barão de Melgaço (113 km de Cuiabá), às margens do Rio São Lourenço. A propriedade faz divisa com a Reserva Indígena Perigara, da etnia Bororo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Instituto Arara Azul (@institutoararaazuloficial) em

Lá, as aves são monitoradas desde 2001. Na maior parte do ano, a área abriga 15% de toda a população de araras azuis do país.

Com as queimadas, as árvores mais altas e as palmeiras – abrigo dessa espécie – estão  vindo a baixo. Próximo à sede da fazenda, uma local chamado “dormitório” ainda está intacto, segundo o Instituto Arara Azul, que monitora e pesquisa as aves.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Instituto Arara Azul (@institutoararaazuloficial) em

Apesar da boa notícia, as araras que “costumam ser contadas em centenas, foram vistas em menor número”. Apenas 30 aves foram registradas no local, quando o normal é avistar entre 100 e 150 indivíduos.

“Acreditamos que a fumaça, a falta de água e a secura do ambiente podem estar afetando esse movimento e impedindo que a maioria delas se dirijam ao dormitório”, explica a bióloga Neiva Guedes.

LEIA TAMBÉM

A hipótese é que as araras estejam dormindo espalhadas. Em um vídeo feito pela bióloga próximo à sede da fazenda é possível avistar uma arara azul voado sozinha e vocalizando.

“Torcemos para que a chuva chegue logo na região e, assim, diminua o perigo sobre essa área tão importante para todas as espécies que a utilizam há décadas para dormir, se alimentar, se proteger e se reproduzir”, diz a instituição.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Instituto Arara Azul (@institutoararaazuloficial) em

Importância

A área é de extrema importância para a fauna, já que abriga, além das araras azuis, dezenas de papagaios, periquitos, maracanãs e vários outras espécies de aves.

Para evitar maiores desastres, o Instituto está arrecadando doações. Os valores serão investidos em obras. A ideia é construir aceiros, poços e tanques para impedir que o fogo afete mais áreas.

As doações podem ser feitas através de depósito ou transferência bancária. A campanha pode ser acessada neste link.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDormindo mal? Confira 5 erros que você está cometendo
Próximo artigoVídeo | Onça pintada é resgatada de helicóptero após incêndio no Pantanal