Garotas de programa são trancadas, ameaçadas e estupradas em Cuiabá

Enquanto dois seguravam as vítimas, o outro praticava o estupro

Imagem ilustrativa (Foto: Freepik)

Duas garotas de programa de 19 anos foram estupradas na noite dessa sexta-feira (30) após serem contratadas para um programa sexual por três homens. Elas foram trancadas em um apartamento e ameaçadas por eles com uma faca e uma barra de ferro.

O caso aconteceu no Bairro Residencial Paiaguás, em Cuiabá, por volta das 19 horas.

As vítimas foram contatadas através de um site para fazer um programa sexual com três homens e foram até o local onde o trabalho seria realizado.

Ao chegarem no apartamento, porém, perceberam que se tratava de um golpe, pois foram trancadas no apartamento e a chave foi escondida.

Em seguida, os homens disseram que elas teriam que manter relações com eles, mas que não realizariam o pagamento.

Sob a ameaça de serem mortas com uma faca e uma barra de ferro, as duas jovens foram estupradas. Enquanto dois seguravam as vítimas, o outro praticava o ato.

Após os estupros, que duraram cerca de 40 minutos, as jovens foram liberadas, sob a ameaça de que, se chamassem a polícia, eles as encontrariam e matariam, assim como se voltassem a aquele lugar, pois eles teriam uma arma para matá-las.

Ao perceber que as vítimas chamariam a polícia, os suspeitos saíram correndo e um deles deixou um cartão de banco cair no chão. Com isso, este foi identificado: um homem de 37 anos.

As vítimas acionaram a polícia e foram encaminhadas ao Plantão da Delegacia de Defesa da Mulher, onde o caso foi registrado como sequestro e cárcere privado, ameaça, violação sexual mediante fraude e estupro.

LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMenina de dois anos cai em poço e morre afogada em Cáceres
Próximo artigoCaixa libera hoje saque do FGTS para nascidos em setembro e outubro