Família é sequestrada em Chapada, mantida refém e deixada em Várzea Grande

Ladrões conseguiram sacar cerca de R$ 5 mil enquanto mantinham vítimas reféns

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 26 anos, a dele namorada e a enteada foram sequestrados em um hotel em Chapada dos Guimarães (70 km de Cuiabá), na madrugada desse domingo (14). A família foi mantida refém, levada para três cidades e libertada somente em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Segundo a vítima, ele a família estavam hospedados em um hotel, quando escutaram um barulho. Ele resolveu ir ver o que era e, ao entrar no outro quarto, encontrou dois homens armados com faca.

Um dos suspeitos tinha aparentemente 19 anos, cabelos com luzes, era magro, pardo, tinha um corte no olho e uma marca de arranhão no pescoço. O outro era moreno, cabelo cacheado, magro, cerca de 1,75m de altura e estava com a mão direita machucada.

Ao perceberem que a vítima pegou o celular, os suspeitos exigiram que o homem entregasse o aparelho. Em seguida, pediram joias, dinheiro e todos os objetos de valor.

Depois, colocaram o homem, a namorada e a enteada em um carro e dirigiram até a cidade de Campo Verde (140 km de Cuiabá), mas, como tudo estava fechado, foram para Cuiabá.

Na Capital, tentaram sacar dinheiro da vítima na Avenida Fernando Corrêa, na Rua Barão de Melgaço e na Avenida 15 de Novembro. Depois abasteceram e seguiram para o Bairro Jardim Glória, em Várzea Grande, onde ficaram em um matagal até as 6 horas da manhã.

Ao todo, os suspeitos conseguiram sacar cerca de R$ 5 mil da vítima antes de abandonar a família em um matagal e fugir levando o carro deles, um WRV branco, e a carteira com documentos.

As vítimas caminharam cerca de 10 minutos e chegaram à Estrada da Guarita, onde conseguiram pedir ajuda.

O caso foi registrado como extorsão mediante sequestro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça suspende ordem para Consórcio VLT devolver R$ 683 milhões
Próximo artigoForças de segurança de Goiás e Gefron realizam apreensão de 63 kg de pasta base de cocaína