Exposição de fotografias revela Cuiabá sob a ótica de Dona Eulália

Exposição traz impressões sobre as belezas da cidade, praças, igrejas e parques, além da sua religiosidade

Abertura da exposição é no domingo (8). Fica em cartaz até o dia 30, no Goiabeiras Shopping

No próximo domingo, 8 de abril, Cuiabá comemora 299 anos e, para celebrar a data, o Goiabeiras Shopping recebe a exposição “Cuiabá de Eulália”, com imagens do fotógrafo Amaury Santos. A abertura da mostra, que traz o olhar da cuiabana Eulália da Silva Soares, será no dia do aniversário da Capital de Mato Grosso, às 19h, no térreo. A visitação é gratuita e segue até o dia 30 de abril, das 10h às 22h.

“Gosto muito de retratar as belezas do nosso estado, seja a cultura, as pessoas e paisagens. Nesta exposição trago o olhar dela, dona Eulália, símbolo da cuiabania e patrimônio cultural de Cuiabá, sob as belezas da cidade, praças, igrejas e parques, além da sua religiosidade. Também registrei momentos íntimos dela com a família. Enfim, o seu mundo e como ela apresenta Cuiabá para as pessoas, apesar das mudanças da cidade, mas que ainda mantém sua beleza e identidade regional”, explica o cuiabano de 48 anos.

Ao todo, são 15 imagens selecionadas, das quais uma é especial para o fotógrafo: a de Dona Eulália com o esposo Eurico, falecido há um ano. “Ela tem um valor sentimental muito grande, pois o conhecia de perto. Ouvia as histórias dele e nossas conversas eram muito ricas, pois ele mostrava seu modo de enxergar a vida, sempre com simplicidade e amor. Por isso, essa é especial”, conta.

Para a gerente de Marketing do Goiabeiras Shopping, Tássia de Carvalho, a mostra sobre dona Eulália representa uma parte importante dos 299 anos de Cuiabá. “Alguns cuiabanos fizeram história por seus feitos e representatividade e dona Eulália é uma dessas pessoas, que representa tão bem nossa culinária, com o melhor bolinho de arroz da cidade”, conclui.

A produção executiva da mostra é de Guilherme Chaves e o cenário e expografia da artista plástica Nadja Lammel.

Quituteira de mão cheia, o bolo de arroz faz parte de seu cotidiano

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPesquisas da Unemat apontam que a Amazônia já foi o lar de populações prósperas antes do descobrimento do Brasil
Próximo artigoEvento em homenagem a Hawking terá observação com telescópio