Ex-BBB tem candidatura impugnada

Pleno do TRE é quem vai julgar se Marcos Harter poderá ou não concorrer nas eleições deste ano

Marcos Harter não conseguiu se eleger em Mato Grosso (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O juiz eleitoral Ricardo Gomes de Almeida reconsiderou, nesta quinta-feira (06), a própria decisão que havia deferido o registro de candidatura para o cargo de deputado federal do médico, ex-BBB e ex-Fazenda Marcos de Oliveira Harter (PSC). Com isso, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) é quem vai julgar se Marcos poderá ou não concorrer.

A Procuradoria Regional Eleitoral alega que o ex-BBB e ex-Fazenda não estava filiado ao PSC, o que impediria ele de disputar as eleições deste ano.

Dia 30 de julho o magistrado considerou que não havia nada que impedisse o registro do médico que mora em Sorriso (MT). Contudo, o Ministério Público Eleitoral recorreu alegando que a decisão não poderia ter sido de forma monocrática.

Caso ele tenha a candidatura impugnada, ainda caberá recursos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm delação, Alan Malouf acusa Galindo de pedir R$ 3 milhões para blindá-lo junto a Selma e Gaeco
Próximo artigoParis 6 Bistrô: um dos restaurantes mais badalados do país chega a Cuiabá