Estelionatários usam nome de juíza para aplicar golpes

Primeiro, golpista tentou roubar o WhatsApp da juíza; agora está usando o nome dela para tentar clonar o de outras pessoas

Reprodução/ Instagram

A juíza do Tribunal de Justiça de Mato Grosso Christiane da Costa Marques Neves Silva, 47 anos, está sendo alvo de estelionatários. Eles têm usado o nome dela para tentar aplicar golpes dizendo ser da assessoria da magistrada.

Segundo a juíza, primeiro, na semana passada, ela forneceu o telefone e e-mail a um perfil no Instagram – que, mais tarde, descobriu ser falso – acreditando ser do Grupo Fasano.

Nessa primeira tentativa de golpe, os estelionatários tentaram roubar a conta de WhatsApp da magistrada. Porém, como ela tinha a verificação em duas etapas, não conseguiram.

Nessa quarta-feira (29), porém, uma nova tentativa de golpe. Um seguidor da juíza no Instagram entrou em contato com ela informando que uma pessoa havia ligado para ele de um número com DDD de São Paulo, dizendo ser da assessoria dela.

O golpista disse que a juíza participaria de uma live no sábado e que estavam enviando um código para que as pessoas confirmassem a participação. Quando a vítima perguntava: “Que Christiane?”, recebia como resposta: “A juíza”.

Em seu perfil no Instagram, Christiane chegou a fazer uma publicação avisando seus seguidores que estão usando seu nome para aplicar um golpe. Depois, ela registrou um boletim de ocorrência pedindo providências.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTachado de “arrogante”, Abílio se mantém isolado na pré-candidatura a prefeito
Próximo artigoProfessora se fantasia de coração para poder visitar e abraçar alunos