Energisa: a gente é de MT

Quando cheguei a Mato Grosso, há sete anos, perguntei a um colaborador nosso se devia usar “de” ou “do” ao mencionar o Estado. Recebi como resposta uma aula sobre a cultura e o orgulho dos mato-grossenses, esse povo caloroso que nos chama pelo nome e faz questão de saber mais sobre nossas origens, nossa história familiar e nosso compromisso de pertencer a esse lugar tão rico. Hoje, falo sem errar que a Energisa é de Mato Grosso. 

 Nos orgulhamos por gerar empregos e oportunidades para o mato-grossense, com boas perspectivas de crescimento profissional e de segurança. Mesmo com a pandemia, mantivemos todos os programas de capacitação para os colaboradores, que têm à disposição uma plataforma online com mais de 250 cursos à distância, por exemplo. Investir em gente dá resultado. Tanto que a Energisa é a única distribuidora de energia entre as vinte e cinco melhores empresas para se trabalhar no Brasil, de acordo com ranking organizado pela rede social profissional LinkedIn. Também, ganhamos o selo da Great Place to Work, reconhecida assessoria global que sinaliza as melhores empresas para o trabalhador.

 INVESTIMENTOS

Quando chegamos a Mato Grosso, assumimos o compromisso de contribuir para o desenvolvimento do Estado. Ainda existiam, na época, cerca de 20 mil famílias sem energia elétrica e agora, em 2021, concluiremos o atendimento a todos eles! Desde 2015, foram aplicados quase R$ 4 bilhões em Mato Grosso, sendo R$ 410 milhões somente no ano passado para levarmos energia de qualidade à população mato-grossense. Hoje 1,5 milhão de clientes são atendidos. Sabemos que cada um deles tem a sua história, seus anseios e desafios, por isso, nunca tratamos nossos clientes como um número.

 Sempre buscamos saber mais da história das pessoas que recebem a nossa energia, como a Irailde de Souza Carvalho, que conheci quando a energia chegou em sua casa. A dona Nina, como é carinhosamente chamada, mora com o marido no bairro Boa Vista II, em Cuiabá, e trabalha fazendo quitutes. A Energisa entregou um kit de placa solar para ajudá-la nos preparos na cozinha e abastecer a bateria da bicicleta elétrica – outro presente da empresa. E foi bacana ouvir dela que a luz chegou para melhorar a vida da família. Isso é gratificante e nos apresenta um horizonte para não pararmos pois há muito mais por realizar.

 Os investimentos da Energisa Mato Grosso também beneficiam a grande força econômica do Brasil atualmente: o agronegócio. Mato Grosso é o estado que mais exporta soja no mundo, e o país prevê expandir a produção agropecuária em 30% até o final da década. Mais de R$ 230 milhões foram investidos em obras para atender a demanda por energia no norte do Estado e garantir o crescimento futuro. Outros R$ 300 milhões foram destinados à região do Araguaia, o novo polo produtor do Estado. A Energisa também está trabalhando para conectar Guariba ao Sistema Interligado Nacional. É o último local de Mato Grosso que ainda não está interligado. Para isso, vamos investir mais de R$ 60 milhões.  

 Todos esses investimentos têm gerado frutos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regulamenta o setor elétrico, a qualidade do fornecimento de energia em Mato Grosso está entre os 5 (cinco) melhores do Brasil. É um trabalho de ponta de mato-grossenses para mato-grossenses , a fim de manter um fornecimento com menos interrupções, faça chuva ou sol.

 

ENERGIA DO BEM

No início da pandemia, fizemos contato com associações e governos para entender como poderíamos ajudar o Estado nesse momento tão difícil. Dessas conversas, nasceu o movimento Energia do Bem, criado para implementar iniciativas em cinco frentes: cuidado com a saúde, assistência social, capacitação profissional, apoio à cultura local e incentivo a micro e pequenos empreendedores. Em um ano, mais de mil cestas básicas foram doadas pela empresa em Mato Grosso.

Além disso, o movimento realizou melhorias internas na rede elétrica no Hospital Metropolitano de Várzea Grande, doou respiradores e mais de 30 mil máscaras e criou informativos para orientar a população de 30 municípios sobre a covid-19. Hoje, diante da alta demanda, estamos focados na distribuição e no transporte de cilindros de oxigênio para unidades de saúde da capital e do interior. 

 A Energisa se orgulha de estar junto com o mato-grossense e deseja que os próximos aniversários de Mato Grosso sejam festivos, como a gente desta terra sempre foi. Porque a Energisa é ‘de’ Mato Grosso. E tudo isso vai passar.

Parabéns ao estado pelos 273 anos de criação.

Riberto José Barbanera é diretor-presidente da Energisa Mato Grosso

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeitos afirmam que não conseguirão reabrir escolas sozinhos
Próximo artigoConversas musicais – That’s Life, Frank Sinatra