De olho no futuro: esse é o motivo para o seu filho aprender inglês desde cedo

Conheça os pontos positivos do ensino bilíngue ainda na infância e entenda como esse aprendizado pode impactar no futuro das crianças.

O contato com um segundo idioma desde cedo pode produzir efeitos muito positivos para o desenvolvimento das crianças, além de contribuir para o crescimento intelectual tanto no presente quanto na vida adulta.

A infância é o período que vai do nascimento até os 12 anos de idade. É uma fase repleta de descobertas, experiências e aprendizados que são levados para a vida toda.

É também nessa fase, que o ser humano tem maiores habilidades para aprender certas informações, já que o cérebro tem mais capacidade de fazer sinapses e organizar conteúdos.

Os primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento das crianças. Estima-se que cerca de 90% das conexões cerebrais são estabelecidas antes dos seis anos.

É por isso que o ensino bilíngue costuma ser feito justamente nessa fase. As crianças conseguem raciocinar em outro idioma de forma mais rápida e também têm mais facilidade para desenvolver a pronúncia.

Benefícios do ensino bilíngue na infância

Quando iniciado na infância, o ensino bilíngue contribui de forma muito significativa para o crescimento intelectual.

Existem pesquisas na área da neurociência que já constataram que o ensino de uma segunda língua estimula o cérebro das crianças para além do aprendizado linguístico.

Pessoas que pronunciam mais de um idioma, geralmente, tem mais plasticidade cerebral, ou seja, tem maior potencial para aprender coisas novas, além de mais qualidade dedutiva.

As crianças que aprendem um segundo idioma, tem maior facilidade para realizar diversas tarefas ao mesmo tempo e ainda desenvolvem outras capacidades como o foco e a concentração, resolução de problemas, capacidade de planejamento e outros processos que necessitam de atenção plena.

Ao contrário dos adultos, as crianças não criam mecanismos de defesas, como o medo de errar ou a vergonha de pronunciar uma palavra da forma errada, por exemplo. Dessa forma, elas utilizam todos os recursos que tem para a aprendizagem e o processo ocorre de maneira mais rápida.

Outro ponto positivo de iniciar o ensino bilíngue na infância, é que as crianças tem uma grande facilidade de aprender ouvindo músicas ou histórias, o que também contribui para a formação da sua base cultural.

Nesse sentido, é muito importante que os estímulos ocorram tanto em casa quanto na escola.

No presente, mas de olho no futuro

O desenvolvimento mental e intelectual é importantíssimo para as crianças e a fluência em uma segunda língua representa muitos ganhos para a infância. Mas, esse é um aprendizado que ultrapassa as barreiras do tempo, é algo que acontece no presente, mas de olho no futuro.

Pessoas bilíngues podem viver experiências de comunicação mais ricas, especialmente em viagens e intercâmbios. Também tem mais oportunidades de aquisição de conhecimento, já que podem acessar cursos, formações e materiais de outros países. Ou até mesmo, participar de processos formativos fora do país.

No âmbito profissional, isso reflete no aumento de oportunidades de trabalho, tanto dentro como fora do país de origem.

Sem contar na formação cultural e intelectual que somam significativamente para a formação pessoal, profissional e para as experiências de vida.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP pede júri popular para homem que matou ex-companheira no dia do aniversário
Próximo artigoIntrodução alimentar: Dicas para papais de primeira viagem