Covid: Cuiabá estuda usar vacinas destinadas a jovens para reforçar imunização dos idosos

Prefeito quer iniciar a aplicação da 3ª dose em, pelo menos, 3 mil idosos com mais de 80 anos e espera repor vacinas quando nova remessa chegar

(Foto: Ednilson Aguiar /O Livre)

A Prefeitura de Cuiabá vai realizar um estudo sobre a possibilidade de começar a aplicar a dose de reforço da vacina contra a covid-19 nos idosos. A ideia é utilizar parte de uma remessa de 16 mil doses que não está destinada a este público, mas que deve chegar ainda esta semana à Capital.

Segundo o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), pelo menos 3 mil idosos que já foram vacinados e têm idade acima de 85 anos devem ser beneficiados. A questão, no entanto, é que Emanuel não quer atrasar a campanha de vacinação dos jovens com idade entre 18 e 24 anos.

A campanha para aplicação da terceira dose da vacina em idosos e pacientes imunossuprimidos teve início nesta quarta-feira (15) em todo o país. Cuiabá, todavia, não recebeu as vacinas necessárias, segundo o prefeito.

LEIA TAMBÉM

“Eu poderia parar a vacinação de 18 a 24 anos, para aplicar a dose de reforço, mas não vou fazer isso”, disse Pinheiro.

Além dos 3 mil idosos citados, outros 20 mil com mais de 80 anos e 31 mil com idade acima de 70 anos precisam receber a dose de reforço.

Até o momento, 84,2% dea população acima de 18 anos em Cuiabá já tomou a primeira dose da vacina contra o coronavírus e 47,4% já está com o esquema vacinal completo, por ter tomado a segunda dose ou vacina de dose única.

Foram aplicadas ao todo até esta quarta-feira, 604.724 doses, o que corresponde a 80,3% de todas as vacinas recebidas pela Capital.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFerrovia estadual: MT assina contrato
Próximo artigoPolícia Civil cumpre 48 mandados em operação contra organização criminosa em MT