Cliente assedia repositor de mercado atacadista com síndrome de down

Vítima tem mentalidade de criança de 12 anos

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem ainda não identificado está sendo procurado pela polícia acusado de assediar um jovem de 23 anos, portador de síndrome de down, em seu local de trabalho nessa terça-feira (9).

A vítima trabalha de repositor em um mercado atacadista de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá) e, por causa de sua enfermidade, tem mentalidade de uma criança de 12 anos.

No momento do crime, que foi gravado pelas câmeras de segurança do mercado, o homem, que estava no mercado como cliente, aproximou-se da vítima e começou o assédio, chegando ao ponto de tocar nas partes íntimas da vítima.

O supervisor do jovem viu as imagens das câmeras de segurança e constatou o assédio sexual. Diante do ocorrido, a mãe da vítima procurou uma delegacia e registrou um boletim de ocorrência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSeduc quer replicar modelo da Arena da Educação em outras escolas
Próximo artigoSaúde e educação empurram Cuiabá para baixo na lista das melhores cidades para se viver