Cada quadro de O Rei Leão demorava 60 horas para renderizar; Entenda

Esse é mais um dos dados impressionantes sobre o filme

(Foto: Reprodução/O Livre | Arte: Felipe Martins)

O remake de O Rei Leão, lançado em julho deste ano em diversos cinemas no mundo, é feito ostensivamente com auxílio de diversos efeitos visuais para criar iluminação, personagens e cenário.

Agora, durante um painel dedicado ao filme na CCXP 19, Julien Bolbach, especialista de efeitos visuais que trabalhou no filme, alguns dados bastante impressionantes do longa foram compartilhados.

Bolbach comentou que cada quadro do live-action demorava 60 horas para renderizar e que, para dar conta do trabalho, 15 mil computadores foram usados simultaneamente. Caso o longa fosse renderizado em um único computador, o trabalho demoraria cerca de 9 mil anos para ser concluído.

Muito dessa demora na renderização se deve ao fato de um cuidado especial com a iluminação do filme, que foi trabalhada para ser a mais natural possível, com várias camadas de luz.

Segundo os dados do site Box Office Mojo, o novo filme ultrapassou a marca de US$ 1,65 bilhão de faturamento global e se tornou a sétima maior bilheteria de todos os tempos. Um belo resultado para um remake.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCriança morre ao entrar escondida em lago e se afogar
Próximo artigoFuncionalismo custa R$ 750,9 bilhões com 11,4 milhões de servidores

O LIVRE ADS