Bolsonaro anuncia a criação do “MEI Caminhoneiro”

O registro trará segurança jurídica aos caminhoneiros, além de facilidade no financiamento de peças equipamentos

Na manhã dessa quinta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro anunciou a criação de um novo registro de CNPJ para diminuir a carga tributária para os caminhoneiros autônomos no Brasil.

No MEI Caminhoneiro, segundo anunciou o presidente, o empreendedor que trabalha pelas estradas do país passa a pagar apenas 11% do salário mínimo – caso o faturamento anual não ultrapasse R$ 300 mil.

Em partida de Brasília para Foz do Iguaçu para o Lançamento da Revitalização do Sistema HVDC de Furnas Associado à Usina Hidrelétrica de Itaipu, o presidente conversou com apoiadores e deu detalhes sobre o programa que busca facilitar a operação dos caminhoneiros, diminuindo a burocracia.

De acordo com a equipe de Bolsonaro, o programa será aprovado ainda essa semana e vai garantir aos caminhoneiros o direito de ter um CNPJ e, com isso, terão o benefício de estar na legalidade, podendo a vir financiar peças e equipamentos e garantindo mais facilidade na hora do recolhimento de impostos.

Hoje o Brasil possui mais de 800 mil caminhoneiros por todo o território nacional e a facilitação na criação de um CNPJ pode vir a sanar demandas antigas do segmento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApagão? Prefeitura fecha 40% dos leitos de UTI por falta de médicos e remédios
Próximo artigoJovem brinca de assalto e acaba baleado na boca por policial à paisana