Após separação da mãe, adolescente relata ter sofrido abusos sexuais do padrasto por três anos

O ex-padrasto ficou insistindo que queria ver a menina, então ela resolveu contar o que havia sofrido

Imagem ilustrativa

A mãe de uma adolescente de 12 anos procurou a polícia nessa quarta-feira (15) para denunciar o ex-marido, de 50 anos, por ter abusado sexualmente da filha dela. Os abusos, segundo a mãe e a menina, aconteciam na casa da família, no Bairro Jardim Presidente I, em Cuiabá.

Segundo a mãe, ela e o suspeito estão separados há cerca de 40 dias e ela saiu da casa dele acompanhada da filha. Com o passar dos dias, porém, ele passou a cobrar a ida da filha da ex-esposa à casa dele, afirmando considerar a menina como filha.

A adolescente, no entanto, sempre arrumava alguma desculpa e não ia fazer a visita. Nessa quarta-feira (15), após pedir novamente para a filha visitar o ex-padrasto, a menina respondeu por áudio do WhatsApp que o motivo de não querer ir é porque sofria abusos sexuais dele.

A mãe foi para casa e conversou com a filha, que contou detalhes dos abusos, inclusive que o crime ocorreu por cerca de três anos.

A mãe então procurou o Plantão de Atendimento à Vítima de Violência Doméstica e Sexual e denunciou o ex-marido por estupro de vulnerável. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDeputados cobram mudanças na Petrobrás para segurar preço de combustíveis
Próximo artigoFeira na Bolívia