Após fugir de hospital, adolescente infrator dá de cara com agente prisional

Ele fugiu pela manhã, mas no início da tarde deu de cara com um agente do Pomeri, em Cuiabá, que o reconheceu e o deteve novamente

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um adolescente infrator de 17 anos tentou – e chegou a inicialmente conseguir – uma fuga audaciosa nessa quinta-feira (10). Ele aproveitou a ida ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do Bairro Grande Terceiro, em Cuiabá, se misturou às pessoas e fugiu.

O plano, a princípio, deu certo, mas a “sorte” do adolescente não durou muito tempo. Poucas horas depois da fuga, no início da tarde dessa quinta-feira (10), ele deu de cara com um agente do Complexo Pomeri, onde ele estava apreendido, foi detido e retornou para o socioeducativo.

Conforme o boletim de ocorrência, nessa quinta-feira, por volta das 09h30, o adolescente infrator foi levado do Pomeri para o CAPS, para tratamento.

Dentro do CAPS a equipe de saúde exige que os adolescentes fiquem sem algemas e, por isso, o rapaz estava liberto – mesmo já tendo fugido de uma unidade penitenciária em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

Devido ao atendimento ao público, as portas do CAPS ficam o tempo todo abertas. No momento que havia muitos adolescentes, crianças, mães e pais no local, o menor infrator saiu correndo da sala que estava, derrubou o agente penitenciário no chão, passou pelo meio das pessoas e fugiu.

No momento da fuga uma agente feminina e uma técnica de enfermagem também acompanhavam o adolescente, mas, ainda assim, ele conseguiu sair.

A liberdade, no entanto, durou apenas até as 14h15, visto que nesse horário outro agente do Pomeri deu de frente com o adolescente e, sabendo da fuga, o deteve e acionou a polícia.

Não há informações sobre onde aconteceu a nova apreensão, mas o menor foi levado de volta ao socioeducativo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS