Vereadores de Cuiabá aprovam moção de aplauso para PMs do RJ

Parlamentares resolveram transportar a polêmica das mortes de Jacarezinho por 1.900 quilômetros, distância entre Cuiabá e Rio de Janeiro

(Foto: Reprodução)

Seguindo o posicionamento da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, a Câmara de Vereadores de Cuiabá aprovou na sessão desta quinta-feira (13) uma moção de aplauso para os policiais que atuaram na ação que resultou na morte de 25 pessoas na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro.

A votação foi quase que unânime entre os que estavam presentes, tendo em vista que já passavam das 11h da manhã e o processo estava se acelerando para o horário do almoço.

Do total de 25 vereadores, nove estavam ausentes ou se retiraram antes do fim. Dos que ficaram, 12 foram favoráveis, entre eles todos os militares do grupo, que ainda usaram termos como “trabalho eficaz”, “não sou favorável a bandido” e “estamos defendendo as forças policiais”.

As expressões, que já se tornaram comuns nas redes sociais, eram rebatidas pela vereadora Edna Sampaio (PT). Ela tratava o caso como os jornais e as organizações nacional e internacional tratam, “chacina de jovens negros”.

Já o vereador Kássio Coelho, autor da moção, disse que estava apenas aplaudindo os policiais e não as mortes ocorridas.

Cumprindo os preceitos da polícia

Contudo, ele usou no texto da monção os termos “cumprindo os preceitos da polícia”, “garantindo a harmonia”, “beneficiando os moradores que viviam aterrorizado pelos traficantes”.

Entre os que votaram contra estão Maysa Leão e Mario Nadaf. Ambos afirmaram que os aplausos devem vir apenas após a investigação do caso, que está em curso.

O terceiro voto foi de Edna Sampaio, que seguiu indignada e fazendo falas de protesto até o final da sessão.

Apenas a vereadora Michelly Alencar optou por se abster.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorExposição homenageia Clube Esportivo Operário pelos 72 anos de fundação
Próximo artigoConselho da Pesca define período de defeso da piracema de Mato Grosso nesta sexta-feira (14)