Policial à paisana ajuda gerente de bar a expulsar clientes que fumavam maconha

Fato ocorreu em um badalado bar de Cuiabá; ainda não se sabe se foi um policial militar, civil ou federal

Um policial a paisana – ainda não se sabe de qual corporação – ajudou o gerente de um bar badalado de Cuiabá, na madrugada de sábado (8), a expulsar quatro clientes que estavam fumando maconha dentro do estabelecimento.

O fato ocorreu por volta das 2h30 da manhã. O boletim de ocorrência foi registrado pelo gerente do bar.

Segundo o relato do profissional, chegou a seu conhecimento que quatro clientes – três homens e uma mulher – estava fumando e compartilhando entre si dois cigarros semelhantes aos de maconha.

O gerente, então, acompanhado de um segurança, foi até a área de fumantes, onde os quatro estavam, e pediu para que eles se retirassem. O argumento foi o de que a prática era contrária às normas da casa.

Os clientes teriam ficado exaltados com o pedido, embora o gerente sustente que foi gentil com todos eles. A situação acabou gerando um tumulto, o que motivou a intervenção do policial, que também estava no estabelecimento.

Conforme o relato do boletim de ocorrência, o policial ajudou o segurança a imobilizar um dos clientes e a colocar os quatro para fora do bar.

O gerente afirmou que só tomou conhecimento do fato de se tratar de um policial depois do ocorrido. Ele não soube dizer se tratava-se de um policial militar, civil ou federal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS