Polícia busca traficantes em seis cidades de MT

Líder da quadrilha possui três mandados de prisão em aberto e está sendo procurado no Rio de janeiro

Foto por: PJC-MT

Uma operação com objetivo de desarticular uma associação criminosa voltada para o tráfico de drogas que atuava em Tangará da Serra (250 km a médio-norte de Cuiabá) foi deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (16) para cumprimento de 12 mandados de prisão preventiva.

Os mandados da “Operação Avenida Brasil” foram cumpridos nas cidades de Tangará da Serra, Barra do Bugres, Cáceres, Mirassol D’Oeste, Acorizal e Cuiabá.

Até o momento, 10 alvos (oito homens e duas mulheres) já tiveram os mandados de prisão cumpridos. Um homem e uma mulher continuam procurados pela Polícia. Entre os procurados está o líder da associação criminosa. O suspeito possui três mandados de prisão em aberto e está foragido no estado do Rio de janeiro.

As ordens judiciais começaram a ser cumpridas na tarde dessa terça-feira (15) contra os suspeitos que estavam em liberdade. Nesta quarta-feira (16), foram cumpridos os mandados contra alvos que já se encontravam presos por outros crimes em presídios do estado.

Investigações

As investigações que resultaram na desarticulação do grupo criminoso iniciaram em maio de 2020, tendo como alvo 66 pessoas investigadas, das quais 24 foram indiciadas e decretada a prisão preventiva de 12 envolvidos.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Adil Pinheiro de Paula, a associação criminosa está intimamente ligada a uma facção atuante em diferentes crimes em todo estado de Mato Grosso, que atua do lado de dentro e de fora de presídios.

O nome operação “Avenida Brasil” faz referência a avenida principal de Tangará da Serra. O tráfico de drogas dividiu a cidade em duas áreas de influência, tendo a avenida como divisor.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLoteamentos de chácaras são interditados em Sinop
Próximo artigoComo a pandemia fez crescer a quantidade de crianças míopes no mundo?